Rashford é condecorado e promete seguir ajudando crianças carentes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Marcus Rashford com sua medalha de membro da Ordem do Império Britânico em 9 de novembro de 2021 no Castelo de Windsor (AFP/Andrew Matthews)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O atacante do Manchester United, Marcus Rashford, prometeu continuar sua campanha para ajudar crianças carentes, nesta terça-feira ao receber uma medalha do príncipe William como recompensa por sua ação contra a pobreza infantil.

O jogador da seleção inglesa recebeu a medalha de Membro da Ordem do Império Britânico (MBE) durante uma cerimônia no Castelo de Windsor, que contou com a presença do Duque de Cambridge, além do presidente da Federação Inglesa de Futebol.

"Tento dar aos meninos o que eu não tive quando era criança", disse Rashford, que fez o governo britânico ceder no ano passado no início da pandemia de covid-19, fazendo um apelo para que estendesse a distribuição de refeições gratuitas para as crianças menos favorecidas, após o primeiro confinamento.

A Rainha Elizabeth II lhe concedeu então a medalha que recompensa seu compromisso em servir o país.

"Eu dou a eles apenas uma oportunidade e acho que eles merecem. Que criança não merece? Para mim é um castigo ver que eles não podem comprar comida ou livros", disse Rashford. "São pequenas mudanças, mas podem ter um forte impacto. Vejo a geração que vem depois de mim como uma geração muito especial".

"Eles só precisam de alguém que lhes mostre a direção certa e é isso que eu faço", acrescentou.

Marcus Rashford afirmou que iria entregar sua medalha a sua mãe, Melanie, que o criou ao lado de seus quatro irmãos e irmãs.

smg/jw/gf/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos