Ranieri abre o coração sobre demissão do Leicester: 'Foi um choque'

Aos 65 anos, técnico italiano está sem clube desde que foi alijado dos Foxes, em fevereiro

Claudio Ranieri ainda não digeriu sua "surpreendente" demissão do Leicester. Em entrevista ao jornal "Daily Star", o técnico se disse "chocado" com a decisão dos Foxes, que estavam na 17ª posição do Campeonato Inglês antes da queda da italiano. Hoje, comandados por Craig Shakespeare, estão em 15º e numa sequência de três vitórias consecutivas na competição.

- Pensando na demissão do Leicester, a primeira coisa que vem na minha mente é uma sensação de surpresa, mais do que de amargura. Passei por muitas coisas na minha carreira, mas nunca experimentei algo assim. Foi um choque. Apesar de saber que essas coisas acontecem no futebol - disse Ranieri.

Ao diário britânico, Ranieri, que está com 65 anos de idade, também lembra que o "seu mundo" nunca foi fácil, citando o início de carreira, inclusive.

- Este é meu mundo. Comecei treinando na liga regional de Catanzaro.
Trabalhei em campos sem grama, às vezes em água ou sem equipamento. Eu tinha que fazer tudo mesmo. Nunca fui eleito a dedo por alguém. O que consegui esses anos foi só por meus resultados no campo - concluiu o técnico ex-Napoli, Valencia, Fiorentina, Atlético de Madrid, Chelsea, Juventus, Roma, Internazionale e Monaco.

Além de ter reencontrado o caminho das vitórias na Premier League, o atual campeão inglês, sem Claudio Ranieri, passou de fase na Liga dos Campeões. Nas quartas de final, terá o Atlético de Madrid pela frente em abril.








E MAIS: