Ramirez, Ceni, Aguirre, Tiago Nunes... quem tem chance de treinar o São Paulo

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Um representante do Tricolor fez contato com Ramirez, para entender se ele já fechou mesmo com o Inter (Matilde Campodonico/Getty Images)
Um representante do Tricolor fez contato com Ramirez, para entender se ele já fechou mesmo com o Inter (Matilde Campodonico/Getty Images)

O São Paulo já iniciou a busca por um substituto para Fernando Diniz. E mais: alguns técnicos, como Miguel Angel Ramirez, já foram até consultados - vale lembrar que o espanhol tem um acordo para assumir o Inter tão logo o Campeonato Brasileiro termine, mas o Tricolor quis entender detalhes do acerto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O Blog apurou que a procura são-paulina hoje se baseia em treinadores estrangeiros. A ideia é entender quais as boas opções do mercado e quanto elas custam. Um nome que agrada demais é o do português André Villas-Boas, que chegou a admitir em outros tempos que quase fechou com o Tricolor. Mas, atualmente, ele está no Olympique de Marselha, o que inviabiliza o acordo.

Além de Ramirez, outro estrangeiro já foi consultado gringo, porém não teve seu nome revelado. Lembra de Sierra, meia que jogou no São Paulo em 1994 e 95? Ele foi oferecido e terá seu currículo avaliado - o chileno de 52 anos já passou por Colo-Colo, Unión Española, Al-Ittihad e treina o Palestino.

Diego Aguirre e Juan Carlos Osório, que já estiveram no Tricolor, não fazem parte da primeira prateleira dos preferidos. E o uruguaio está à frente do colombiano no gosto dos atuais dirigentes.

Fora dos planos: Uma série de treinadores brasileiros passaram a ser especulados por torcedores do São Paulo nos últimos dias, como Tiago Nunes, por exemplo. Mas o ex-comandante do Corinthians tem mais contras do que prós para a cúpula tricolor. O mesmo vale para Felipão, que cogita deixar o Cruzeiro.

Rogério Ceni agrada muito e pode ser contratado caso deixe o Flamengo. Já Mano Menezes, que em outros tempos causava empolgação no Morumbi, hoje enfrenta resistência. O argentino Guillermo Barros Schelotto, oferecido nos últimos dias, não tem chances.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos