Ramires fala sobre saída do Palmeiras e elogia Abel Ferreira: ‘Ele me ajudou imensamente’

·2 minuto de leitura


Apesar das muitas críticas por parte da torcida, o volante Ramires sempre foi muito elogiado pelo treinador do Palmeiras, Abel Ferreira, que, em diversos momentos, lamentou a rescisão contratual do atleta com o clube.

Em entrevista ao portal Mais Futebol, de Portugal, o jogador exaltou as conversas com o técnico, que tentou passar confiança para ele que, naquele momento, estava desacreditado.


>> ATUAÇÕES: Rony precisa de apenas 15 minutos para ser o melhor
>> Confira a tabela do Brasileirão 2021 e faça sua simulação

– Tive uma conversa muito aberta com o Abel antes de rescindir. Já tinha tomado a decisão de sair, então, prontamente, ele disse que me apoiaria, independentemente da situação. Ele queria muito a minha permanência, mas, infelizmente, já não dava mais para mim. Depois, ainda tivemos mais conversas, sobretudo durante o surto de Covid-19 no plantel. Estava decidido a sair, mas o Abel chegou e disse: “Ramires, se precisar de você para entrar na equipe, você entra? Você joga? Com a cabeça boa?”. Respondi: “Mister, se você precisar de mim, pode contar comigo. Para jogar apenas o último minuto da partida? Eu jogo. Vou entrar e jogar. Quero ajudar, faço parte do grupo”. Joguei então algumas partidas, sempre com ele me dizendo: “Vamos lá, cara! Você pode!”

O volante, contudo, reafirmou que já estava convicto em sua decisão de partir, mas ressaltou a importância de Abel para que o processo fosse muito menos traumático para sua imagem no clube.

– Recebi vários elogios do Abel, mas já estava mesmo decidido a sair e rescindir o contrato. É uma pessoa que me ajudou muito, muito mesmo. Ele poderia ter me deixado de lado, não me ter usado, mas aí, talvez, eu tivesse saído do clube pelas portas do fundo. Ele me ajudou a sair do Palmeiras pela porta da frente. Saí do Palmeiras pelas portas da frente.

Além disso, Ramires elogiou o trabalho e a postura franca do treinador com o elenco, ressaltando a importância do português nas recentes campanhas vitoriosas do Alviverde.

– É difícil não gostar do Abel. Ele pegou uma equipe com muita qualidade e tem extraído o melhor dos jogadores. Ajudou-me imensamente no Palmeiras. Tivemos diversas conversas, muitas vezes francas e verdadeiras. É um profissional de enorme caráter. Trabalhamos pouco tempo juntos, mas criei uma grande admiração por ele. Conhece muito de futebol, compreendeu o que é o Palmeiras, tem um mérito muito grande no sucesso recente do clube. Implementou em pouco tempo muita coisa interessante, e os jogadores souberam perceber tudo.

Ramires chegou ao Palmeiras em 2019, mas nunca conseguiu se firmar na equipe. Em 2020, teve chances com Luxemburgo e Abel Ferreira, mas optou por deixar o clube no mês de novembro, quando foi alvo de críticas da torcida por ser flagrado em uma casa noturna em meio à pandemia de coronavirus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos