Ralf fora do Corinthians faz torcida lamentar e homenagear: "sai o jogador, fica o ídolo"

Antigo jogador do Beijing Guoan, ídolo alvinegro está em negociação com o Meizhou Hakka
Antigo jogador do Beijing Guoan, ídolo alvinegro está em negociação com o Meizhou Hakka

Em sua primeira entrevista coletiva como treinador do Corinthians para 2020, Tiago Nunes confirmou que o meio-campista Ralf não seguirá no clube.

Aos 35 anos, o volante, que chegou em 2010 e virou ídolo pela entrega e títulos conquistados, tinha contrato até o final do próximo ano. Contudo, a nova comissão técnica não pensa em usá-lo nesta atual temporada.

Embora boa parte dos torcedores corintianos concordem que chegou o momento da despedida, as reações nas redes sociais foram de homenagens ao ídolo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Ralf disputou 437 jogos, marcou dez gols e conquistou oito títulos, dentre os quais três estaduais (2013, 2018 e 2019), dois Brasileiros (2011 e 2015), uma Libertadores (2012) e um Mundial de Clubes (2012). Ainda não se sabe qual equipe o meio-campista irá defender.

Leia também