Raio-X: Fluminense é quem mais comete pênaltis entre clubes da Série A e estaria no G-4 com pontos desperdiçados

·2 minuto de leitura

Está virando rotina: se tem jogo do Fluminense, tem pênalti. Para o adversário. Ao longo desta temporada, já foram 16 cometidos, sendo — de longe — o clube da Série A que mais leva seus rivais à marca da cal. O misto de erros defensivos e desatenção já fez o tricolor perder pontos importantes, suficiente para levá-lo ao G-4 do Campeonato Brasileiro, como no empate em 2 a 2 com o Cuiabá, na última segunda-feira. (Veja os números completos no final da reportagem).

Apenas no Brasileiro, as penalidades já tiraram cinco pontos do tricolor, nos jogos diante Corinthians, Grêmio e o já citado Cuiabá. Pode parecer pouco, mas seria suficiente para colocar a equipe na quarta colocação, com 34 pontos. A mesma que o Flamengo tem hoje. Na Libertadores e na Copa do Brasil, os pênaltis também foram decisivos nas eliminações diante o Barcelona-EQU e o Atlético-MG, respectivamente.

A situação é atípica, preocipante e traz um recorde negativo para o Fluminense. Nos últimos cinco anos, esta é — também com larga vantagem — a temporada onde o tricolor mais cometeu pênaltis (16, ainda faltando mais 17 jogos a serem disputados). Em 2019, foram "apenas" 11, enquanto dez foram cometidos em 2018 e seis em 2020. Em 2017, apenas três foram anotados.

— Já pedimos aos nossos analistas para pegarmos todos os lances, tudo que puderem, para chegarmos a um denominador comum e saber o que está acontecendo, para que não possa acontecer mais — afirmou o treinador.

Com 29 pontos na tabela atualmente, o Fluminense foi ultrapassado pelo Internacional nos critérios de desempate e caiu para a oitava posição, mas continua só um ponto atrás do Corinthians, que fecha o G-6 com 30. O tricolor volta a campo no domingo, diante do Bragantino, às 16h (de Brasília), no Maracanã.

Pênaltis cometidos pelo Fluminense:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos