Raikkonen deseja continuar pilotando na Fórmula 1 em 2018

Mesmo aos 37 anos, o finlandês Kimi Raikkonen não dá sinais de que esteja pensando em sua aposentadoria da Fórmula 1, e indica que, se conseguir renovar seu contrato, planeja seguir na categoria em 2018. Tudo depende, no entanto, da vontade da Ferrari, sua escuderia atual.

“Enquanto me quiserem e eu desfrutar de pilotar, seguirei na Fórmula 1”, comentou o piloto, que tem contrato apenas até o final de 2017, em entrevista para a Speed Week.

Especulações, no entanto, dão conta de que a Ferrari estuda não estender o vínculo do finlandês. A alternativa para a equipe italiana seria assinar com o jovem piloto Antonio Giovinazzi, atualmente na Sauber e considerado bastante promissor, para ser o parceiro de Sebastian Vettel a partir do próximo ano.

Giovinazzi, apesar de ser no momento um piloto reserva na Sauber, correu no Grande Prêmio de Austrália, na primeira prova de 2017, para substituir Pascal Wehrlein, ainda recuperando-se de uma lesão. Na pista em Melbourne, o italiano terminou na 12ª posição.