Rafinha não tem clara a sua continuidade no Barcelona

Rafinha foi um dos nomes do Barcelona na goleada sobre o PSG, pela partida de volta das oitavas de final da Champions League, não está garantida. O brasileiro tem contrato até junho de 2020 e passa por sua cabeça deixar o clube em busca de mais oportunidades. Aos 24 anos, o meio-campista quer mais para a carreira.

Messi, Rafinha e Mascherano Barcelona x PSG 08032017 Champions League


Rafinha celebra vitória do Barça sobre o PSG ao lado de Messi e Mascherano (Foto: Getty Images)

O irmão de Thiago Alcântara quer aumentar a sua presença para se tornar um jogador titular, algo que será difícil com as cores do Barcelona. Pessoas próximas ao jogador explicaram recentemente à Goal que a decisão de buscar uma saída ao final da temporada era praticamente consumada. Porém, depois da titularidade contra o PSG, ele pode repensar a situação.

Não em vão, Rafinha se sente à vontade pelos dois lados do campo. Ele é também o único jogador das categorias de base que recebe oportunidades de Luis Enrique. A saída do técnico poderia mudar a situação do atleta, mas o Barcelona já informou ao seu estafe que não pretende liberá-lo.

Há uma cláusula de rescisão de 75 milhões de euros e uma juventude que o faz ser um jogador interessante para qualquer clube da Europa, incluindo o Barcelona. Assim, Rafinha terá que esperar para definir seu destino. O atleta deve ter mais oportunidades a partir da próxima temporada.