Rafinha diz que quer encerrar sua carreira como campeão do São Paulo e prevê data para 'pendurar as chuteiras'

Rafinha revelou quando pretende se aposentar (Foto: Divulgação)


Veterano no São Paulo, Rafinha projetou seu futuro e destacou que está dando seus passos finais na sua carreira. Aos 37 anos, o lateral-direito tem uma data na qual pretende se aposentar e destacou seu último objetivo: ser campeão pelo Tricolor paulista.

Em entrevista ao 'Flow Sport Club', o jogador revelou que sempre sonhou em atuar pelo clube do Morumbi, que segundo suas palavras, é seu time do coração. Rafinha chegou ao Tricolor em dezembro de 2021 e se tornou uma peça importante no elenco de Ceni, assumindo até mesmo a posição de zagueiro quando foi necessário e a titularidade na lateral.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Quem foi o craque da Copinha 2023? LANCE! escuta especialistas

Veja tabela do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

Para ele, um dos fatores que motivou sua escolha, mesmo tendo recebido outras propostas, foi ter visto a época vitoriosa do São Paulo e grandes ídolos quando jovem. Segundo Rafinha, sempre foi uma questão de sonho.

- Sou são-paulino desde criança, coração mexe muito. Quem me conhece sabe, sou desde criança. Era um sonho, peguei época boa do São Paulo, Rogério, Raí, Zetti... Nasci em 85, na minha geração era o melhor time do Brasil. Joguei contra o Rogério algumas vezes, pegar ele como treinador é outro nível. Ter essa oportunidade e ver o Rogério mexe com muita coisa. Pesa muito - disse.

Veja as movimentações do São Paulo no mercado da bola

O lateral ainda completou que, na época, chegou a receber propostas financeiramente melhores do que a do Tricolor, mas não queria desperdiçar a oportunidade de atuar pelo clube do Morumbi

- Eu queria muito realizar esse sonho (de jogar no São Paulo), só que nunca tive a oportunidade. Tinham situações muito melhores financeiramente (quando houve a proposta em 2021), mas é o São Paulo - explicou.

Porém, aos 38 anos, Rafinha não escondeu que já pensa em uma aposentadoria dos gramados. Com passagens pela Europa, afirmou que sabe que está caminhando para a reta final da sua carreira, mas enfatizou que quer encerrar sendo campeão pelo São Paulo, tendo isso como uma das suas maiores metas.

Embora não tenha uma data exata, o veterano afirmou que se programou para 'pendurar as chuteiras' na metade do próximo ano. Ou seja, esta é sua última chance de erguer alguma taça pelo Tricolor.

- É o meu maior sonho, só falta essa, ser campeão pelo São Paulo para fechar com chave de ouro a minha carreira. Estou caminhando para o final da minha carreira, são vinte anos de futebol, quero terminar bem. Não sei quando vou parar, mas estou me preparando com a minha família para parar ano que vem, no meio do ano - revelou Rafinha.

Nesta temporada, o São Paulo renovou o contrato do jogador até o final deste ano. Ao ser indagado se pretende ter o Tricolor como sua última equipe, afirmou que - se tiver a oportunidade - queria voltar a jogar pela Alemanha e encerrar lá. Rafinha comentou que chegou até a receber uma proposta do Bayern de Munique para uma despedida.

- Tenho convites para terminar na Alemanha, eu faria isso. Bayern me chamou para eu entrar mais uma vez com a camisa, fico feliz demais - concluiu.

Recentemente, no empate com o Palmeiras no último domingo (22), Rafinha sofreu uma entorse no tornozelo que deve afastá-lo por alguns dias. O jogador falou sobre a lesão e explicou que não foi nada grave, e logo deve estar de volta.

- Já sou um jogador experiente, a quilometragem é alta, joguei bastante. Como o gramado é sintético, eles já estão acostumados. Jogada boba, meu pé ficou preso e acabei torcendo. Já joguei outras vezes no gramado do Palmeiras, nunca tive problema, mas, infelizmente, desta vez acabei torcendo. Infelicidade mesmo de ficar com o pé preso no gramado - explicou.

Com isso, Rafinha não será opção para Rogério Ceni no clássico com a Portuguesa nesta quinta-feira (26). A única opção é Orejuela, uma vez que Igor Vinícius também está no departamento médico.