Rafaela Batista conquista medalha de bronze no Mundial Júnior de Judô

·1 minuto de leitura


Os novos talentos do judô brasileiro começaram a brilhar no Campeonato Mundial Júnior de Judô, em Olbia, na região da Sardenha, Itália. Nesta quarta-feira, 06, primeiro dia de competição, a novata Rafaela Batista, de apenas 18 anos, estreou na classe júnior conquistando logo uma medalha de bronze no Mundial na categoria Ligeiro (48kg).

+ VÍDEO: Lutador de MMA morre após nocaute em estreia no boxe sem luvas

Demonstrando bastante personalidade, Rafaela não se intimidou diante de adversárias europeias e venceu quatro lutas por ippon. O único revés veio nas quartas-de-final, contra a russa Irena Khubulova, que terminou com a prata. Antes disso, ela havia vencido Monica Reyes, dos Estados Unidos, e Giorgia Hagianu, da Romênia.

+ Hugo Calderano aprimora o chinês em busca de evolução no tênis de mesa

Na repescagem, Rafaela superou a espanhola Gemma Antona e, na disputa pelo bronze, encaixou um estrangulamento perfeito que fez a francesa Lea Beres bater para desistir do combate. O Mundial foi apenas a segunda competição internacional de Rafa, que tem como inspiração no judô, sua conterrânea e xará, Rafaela Silva. A primeira foi o Pan-Americano Sub-21 de Cali, na Colômbia, onde ela ficou com a prata após perder na final para Aléxia Nascimento, que terminou o Mundial em 7º lugar.

- Foi incrível! Estou sentindo uma felicidade enorme. Foram lutas duras, muito difíceis, mas graças a Deus e ao esforço que tenho feito, o resultado saiu. Eu dedico essa medalha ao meu irmãozinho e ao sensei Rafael por sempre acreditar em mim - disse Rafaela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos