Rafael Vaz, do Al-Khor, comemora adaptação ao Qatar: ‘Acolheram a minha família muito bem’

·2 minuto de leitura


No fim da temporada de 2020, mais especificamente em setembro, Rafael Vaz acertou sua transferência do Goiás para o Al-Khor, do Qatar. Nove meses depois da mudança para o Oriente Médio, o zagueiro falou sobre sua vida no país. Ele destacou que seu novo clube é “muito familiar” e comemorou a adaptação da família.

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- A experiência está sendo gratificante. Foi uma primeira temporada, eu gostei muito, minha família, então, nem se fala. O clube onde estou é um clube muito familiar, um clube que preza pela família. Me acolheram muito bem, acolheram minha família muito bem.

Na temporada, o Al-Khor se manteve na primeira divisão, mas não conquistou o campeonato nacional. Rafael Vaz lamentou não ter brigado por nenhum título, mas comemorou o objetivo alcançado da equipe de permanecer na elite do futebol catariano.

- Falando de resultados, não foi uma temporada 100% positiva, porque não brigamos por nada, por títulos. Nos mantivemos na primeira divisão, era o primeiro objetivo do clube, isso foi o mais importante, estou muito feliz.

> Veja a tabela da Eurocopa

Rafael Vaz
Rafael Vaz

Rafael Vaz e a família estão adaptados ao Qatar (Foto: Arquivo pessoal)

Rafael Vaz também falou sobre a expectativa para a Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Qatar. Ele disse que o país está “todo” em obra e que está muito evoluído. Além disso, ele revelou que cumpriu seus objetivos pessoais e projetou a segunda temporada pelo Al-Khor.

- Claro que o país todo está se mobilizando por causa da Copa do Mundo, o país todo está em obra, aonde você vai ao Qatar está em obra. Os estádios, a maioria, estão prontos. Se você for ver fotos, a maioria dos estádios já estão prontos, faltam algumas coisas pequenas. O que eu achei mais interessante é que eles estão construindo uma cidade, praticamente uma cidade, para a Copa. Eu achei isso daí fantástico. Quem foi lá há um tempo falou que, o país está muito evoluído.

- Eu devo voltar dia primeiro para lá. Muito feliz, muito feliz, porque é um lugar que me acolheu muito bem. Espero, agora, nessa minha segunda temporada, poder ter resultados melhores, mas já estou muito contente pelos resultados positivos pessoais. Resultado pessoal, pra mim, conta bastante e eu fico muito feliz e satisfeito com isso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos