Rafael Silva perde duas lutas, e Brasil deixa Baku com apenas uma medalha

O brasileiro Rafael Silva, maior esperança de pódio do Brasil no último dia do Grand Slam de Baku, no Azerbaijão, não teve boa estreia na temporada de 2017. O medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio perdeu as duas lutas que disputou neste domingo.

Stefannie Koyama, ouro no Grand Slam de Baku.

O judoca começou a disputa com derrota para Guram Tushishvili, da Geórgia, número 49 do ranking mundial. Em seguida, na repescagem, foi superado por Duurenbayar Ulziibayar (20º), da Mongólia.

Com isso, o Brasil terminou sua participação com apenas uma medalha. Na sexta-feira, Stefannie Koyama faturou o ouro na categoria até 48kg.

Outros quatro brasileiros subiram no tatame no último dia do torneio. Samanta Soares (até 78kg) foi a única que avançou à disputa por medalha. Ouro no Aberto de Praga, na República Checa, na semana passada, ela estreou com vitória contra a local Mehriban Imamzada. Depois, sofreu uma derrota e se recuperou na repescagem, antes de perder o bronze para a japonesa Shiori Yoshimura.

Já Camila Yamakawa (+100kg), Bruno Mendonça (90kg) e Melina Scárdua (78kg) não chegaram à disputa por medalha. Os dois últimos caíram na estreia.





E MAIS: