Rafael Silva perde duas lutas, e Brasil deixa Baku com apenas uma medalha

O brasileiro Rafael Silva, maior esperança de pódio do Brasil no último dia do Grand Slam de Baku, no Azerbaijão, não teve boa estreia na temporada de 2017. O medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio perdeu as duas lutas que disputou neste domingo.

Stefannie Koyama, ouro no Grand Slam de Baku.
Stefannie Koyama, ouro no Grand Slam de Baku.

O judoca começou a disputa com derrota para Guram Tushishvili, da Geórgia, número 49 do ranking mundial. Em seguida, na repescagem, foi superado por Duurenbayar Ulziibayar (20º), da Mongólia.

Com isso, o Brasil terminou sua participação com apenas uma medalha. Na sexta-feira, Stefannie Koyama faturou o ouro na categoria até 48kg.

Outros quatro brasileiros subiram no tatame no último dia do torneio. Samanta Soares (até 78kg) foi a única que avançou à disputa por medalha. Ouro no Aberto de Praga, na República Checa, na semana passada, ela estreou com vitória contra a local Mehriban Imamzada. Depois, sofreu uma derrota e se recuperou na repescagem, antes de perder o bronze para a japonesa Shiori Yoshimura.

Já Camila Yamakawa (+100kg), Bruno Mendonça (90kg) e Melina Scárdua (78kg) não chegaram à disputa por medalha. Os dois últimos caíram na estreia.





E MAIS:

Leia também