Rafael diz que 'chorou de felicidade' ao fechar com o Botafogo: 'Podem esperar um torcedor em campo'

·1 minuto de leitura


A torcida do Botafogo comemorou a contratação de Rafael, confirmada durante a semana passada, mas parece que a felicidade é recíproca. O lateral-direito afirmou, em entrevista à "BotafogoTV", que não se aguentou ao assinar o vínculo com o clube de General Severiano.

+ Temporada 2022, possível saída de Navarro e físico: o planejamento do Botafogo com Fernandão

- É difícil até de falar, quando eu assinei o pré-contrato quem é próximo de mim sabe que eu chorei de felicidade. É um sonho realizado, o próximo sonho vai ser entrar em campo com essa camisa, vai ser maravilhoso - afirmou.

Botafoguense de berço, o lateral-direito recusou outras situações para jogar no clube que torce desde criança. Não à toa, o defensor disse que todos na família estão animados com a nova fase.

- Meu pai não está aqui, ele está com meu irmão (Fábio) em Nantes, teve que ir para lá. Ele ficou até triste porque queria participar desse momento comigo. Eu sou botafoguense por causa dele, minha família está em êxtase. Meu irmão fica o dia inteiro com a camisa do Botafogo, o Fábio fica falando o dia inteiro no Twitter. Agora eu quero ajudar, eu vim para isso - confessou.

Como será o Rafael dentro de campo? Ele garante que será um representante dos torcedores nas quatro linhas, seja qual resultado for.

- Podem esperar um torcedor dentro de campo. Eu vou estar ali para ganhar todos os jogos, se não ganhar eu vou estar tentando ganhar. Vou dar meu máximo. Se eu não puder ajudar dentro de campo, vou ajudar fora e vai ser assim - finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos