Rafael Diniz, do Ranong United, fala sobre adaptação e futuro no futebol asiático

Rafael Marson
·2 minuto de leitura


O meia Rafael Diniz, de 22 anos, natural do Rio de Janeiro e hoje no Ranong United, da segunda divisão tailandesa, vive boa fase no futebol asiático. O atleta não atuou profissionalmente no Brasil, mas defendeu a base do Flamengo por quatro anos e revelou, em papo exclusivo ao LANCE!, a razão pela qual escolheu deixar o país ainda jovem.

Veja quem Tite pode chamar e deixar fora de convocação nesta sexta

- Joguei futsal na minha infância no Rio de Janeiro, fui pro campo no Flamengo, depois no Madureira e Nova Iguacu-RJ, onde fiquei até o sub-20. As coisas ficaram complicadas para se tornar jogador profissional, o que sempre foi meu sonho. Apareceu uma oportunidade na Tailândia e acabei aceitando, onde me tornei jogador profissional e hoje venho trilhando um bom caminho para dar seguimento a minha carreira - disse o meia.

Ao chegar na Tailândia, Rafael se deparou com uma cultura totalmente diferente, e contou que a adaptação não foi fácil. Após se destacar na equipe sub-19 do Chiang Rai United, ele foi promovido ao time profissional, onde não teve muito sucesso.

As dificuldades o levaram para um período difícil na vida, onde até a aposentadoria foi considerada.

- Por diversas vezes pensei em largar a carreira de jogador, e na época do Chiang Raí City foi uma delas. Mas com o apoio da minha família eu venho superando os obstáculos e lutando muito. É difícil você ver um jogador jovem de outro país aqui na Tailândia. Isso também me motiva a não desistir. Ainda tem muita coisa pela frente. Deus está me honrando - revelou o jogador.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO PAULISTA

Contudo, mesmo com 22 anos, ele deu a volta por cima e hoje é peça importante no Ranong United, da segunda divisão tailandesa. Em sete jogos, marcou um gol e deu uma assistência na atual temporada.

A boa fase pessoal reflete no momento do time, invicto a cinco jogos, com duas vitórias e três empates. Para ele, a boa sequência ajuda no trabalho.

- Isso é positivo demais e ajuda a dar mais tranquilidade para trabalhar. Estou feliz demais por essa oportunidade e venho me doando ao máximo para ajudar meus companheiros. Vamos em busca de um bom final de temporada - disse.

Apesar de sonhar com um retorno ao Brasil, Rafael foi categórico ao falar sobre o desejo de permanecer na Tailândia, país que o acolheu.

- Hoje eu enxergo meu futuro aqui no futebol asiático. Me adaptei ao país e venho crescendo profissionalmente, sou muito grato pela oportunidade. Tenho o sonho de um dia jogar no futebol brasileiro e até na Europa. Tudo pode acontecer, mas hoje não me vejo em outro lugar que não seja aqui na Ásia - afirmou Rafael.

Rafael Diniz Flamengo
Rafael Diniz Flamengo

Rafael passou pela base do Flamengo (Foto: Arquivo Pessoal)