Rafael comemora atuação e diz que cada defesa “parece um gol”

O goleiro Rafael foi o grande responsável pelo empate por 1 a 1 entre Cruzeiro e América-MG na tarde deste domingo, no estádio Independência. Dono de pelo menos três excelentes defesas, sendo a última dela em uma cabeçada de Mike, já nos acréscimos da partida, com direito a muitos cumprimentos dos companheiros após o lance.

“Pude fazer a defesa no final, saímos com o empate nos primeiros 90 minutos da semifinal. Ao meu ver, o empate foi justo”, afirmou o arqueiro, que não quis nem eleger qual teria sido sua intervenção mais bonita de se ver na partida. Para ele, todas as bolas que conseguiu parar foram de importância parecida, apesar de reconhecer o valor maior da realizada nos acréscimos.

“Agora é descansar, porque semana que vem temos dois jogos muito importantes. No jogo da volta espero fazer um grande jogo e poder sacramentar a classificação. Toda defesa é bonita porque é muito importante, é como se fosse o gol. A última foi a mais bonita pela plástica”, explicou o jogador.

Na frente, a Raposa mostrou muita dificuldade em conseguir furar o bloqueio do adversário, aproveitando com Thiago Neves uma das poucas vezes em que conseguiu finalizar dentro da área do América-MG. Para Rafael Sóbis, porém, o resultado foi justo pelo que os dois lados apresentaram.

“Resultado justo. Para nós, está sendo super difícil essa sequência. Eles tiveram a semana toda para trabalhar. Saímos atrás, com muita luta empatamos, seguramos. Assim se vive uma semifinal, são dois jogos. Na medida do possível, foi bom”, explicou o avante, assegurando foco total no duelo contra o São Paulo, quarta-feira, pela volta da quarta fase da Copa do Brasil.

“Na quarta-feira temos um jogo que é mais uma vez a vida. Esse mês está sendo super pesado para nós. Eles vão ter mais uma semana para treinar. Neste momento, se não dá pra jogar bem, temos que nos superar”, concluiu Sóbis.