Rafa Marques celebra gol e agradece apoio da “família Palmeiras”

Se a partida desta quarta-feira, contra o Mirassol, podia não representar grande empolgação para o torcedor palmeirense, com o Verdão já classificado para as quartas de finais do Paulistão, o confronto no Palestra Itália foi especial para um atleta específico do Alviverde. Rafael Marques ainda não havia jogado em 2017, mas fez sua estreia oficial na temporada e já balançou as redes.

“Fico muito feliz pelo gol e pelo objetivo conquistado com a vitória. Tivemos uma mescla de jogadores que não vinham atuando, e conseguimos mostrar o trabalho que o Eduardo Baptista vem fazendo nos treinos. Alguns jogadores, como é meu caso, estão sem ritmo de jogo. Voltando a atuar, vamos conseguir ir mostrando aos poucos”, disse o meia-atacante.

Rafael Marques viveu seu auge no clube em 2015, quando foi titular e peça importante no time de Marcelo Oliveira campeão da Copa do Brasil. Na ocasião, fez 15 gols e deu cinco assistências em 56 partidas. Já no ano passado, quando o Verdão se sagrou campeão brasileiro sob o comando do técnico Cuca, foram apenas cinco gols e três assistências em 35 jogos.

Nesta quarta-feira, assim como toda equipe do Palmeiras, Rafael Marques não mostrou um bom futebol na primeira etapa. Quando o meia-atacante errava um passe, a torcida mostrava impaciência e começava a chiar com o camisa 19. Após o confronto, o jogador agradeceu o apoio recebido da “família Palestra” durante os momentos complicados na partida.

“Sempre deixei bem claro, desde 2015, que a diferença desse grupo é a família. O que nos move, nos dá alegria de jogar, é o que a gente tem, essa capacidade. Você dá um passe errado, vem o apoio do companheiro, que sabe que podemos render mais. Vamos precisar de todos os jogadores durante o ano e a família Palestra está bem forte”, concluiu.

Com o resultado, o Palmeiras chegou a 24 pontos, disparado na liderança do Grupo C do Campeonato Paulista – dez à frente do Novorizontino, segundo colocado. É a melhor campanha geral da competição, com 80% de aproveitamento. O Mirassol caiu para o terceiro posto do Grupo D, com 14 pontos, atrás de Santos e Ponte Preta, ambos com 16.

Agora, o campeão brasileiro volta a campo neste sábado, às 16h (de Brasília), novamente em casa, contra o Audax. O Mirassol visita o Novorizontino no mesmo dia, mas às 18h30.

Leia também