Raducanu e Fernández farão batalha adolescente na final feminina do Aberto dos EUA

·2 minuto de leitura
Emma Raducanu comemora após vencer partida contra Maria Sakkari na semifinal do Aberto dos EUA

Por Amy Tennery

NOVA YORK (Reuters) - A cidade de Nova York assistirá a uma batalha de adolescentes na final feminina do Aberto dos Estados Unidos de tênis no sábado, já que a britânica Emma Raducanu se tornou a primeira tenista saída do pré-torneio classificatório a chegar à disputa de um título importante e enfrentará a canadense Leylah Fernández, após ambas deixarem gigantes pelo caminho.

A final no colossal Estádio Arthur Ashe será a primeira decisão de um grande torneio da Era Aberta, seja na chave feminina ou masculina, a contar com tenistas que não são cabeças de chave.

Ela também marcará a primeira final de Grand Slam a ser disputada por duas jogadoras tão jovens desde o confronto entre Serena Williams e Martina Hingis no Aberto dos EUA de 1999.

Raducanu, de 18 anos, e Fernández, que fez 19 anos nesta semana, ainda nem haviam nascido quando isso aconteceu.

"Nós nos encontramos pela primeira vez porque nasci em Toronto e ela era canadense, então nós meio que criamos um relacionamentozinho na época", disse Raducanu, cujos pais se mudaram para a Inglaterra quando ela tinha dois anos.

Fernández foi a primeira a garantir vaga na final na quinta-feira ao derrotar a segunda cabeça de chave Aryna Sabalenka por 7-6(3), 4-6 e 6-4 na primeira semifinal.

"Como meu pai me dizia o tempo todo, não existe limite para o potencial do que posso fazer", contou ela. "Todos os dias temos que trabalhar duro, temos que continuar lutando por isso."

Raducanu, por sua vez, precisou de pouco tempo para assegurar o seu lugar na decisão, 84 minutos para derrotar a grega Maria Sakkari por 6-1 e 6-4 e se tornar a primeira britânica a chegar a uma final de Grand Slam desde Virginia Wade, em 1977 em Wimbledon. Ela chega à final sem perder sequer um set no torneio norte-americano, a primeira tenista a fazer isso desde a alemã Angelique Kerber em 2016.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos