Rômulo pede explicações às autoridades sobre nova proibição de público: 'é um benefício para o povo'

·1 minuto de leitura


O Cruzeiro quer manter seu torcedor por perto nos jogos da Série B. Apesar de nova proibição da Prefeitura de BH, que vetou a presença se público nos estádios, o clube mineiro tenta reverter a situação e pode jogar até em Sete Lagoas, a 70 km da capital mineira.

E um dos jogadores mais experientes do elenco, o meia Rômulo, pediu explicações às autoridades os motivos para que os cruzeirenses não possam ir aos jogos. Para o meia/lateral, os jogos são um benefício para a população.

Rômulo aproveitou sua entrevista para manifestar o desejo de atuar no meio de campo. Ele tem sido improvisado na lateral-direita com as ausências de Norberto e Cáceres.

Por fim, além de se alinhar com o clube na campanha para manter a presença de públicos nos estádios,o jogador também manteve o discurso de acesso à Série A em dia, mostrando otimismo com o retorno à primeira divisão nacional. Confira nos vídeos as falas do atleta cruzeirense.

Rômulo cobrou educação de Lisca em relação ao histórico de Fábio
Rômulo cobrou educação de Lisca em relação ao histórico de Fábio

O jogador do Cruzeiro também manifestou o desejo de seguir jogando no meio de campo, ao invés de voltar à lateral-direita-(Bruno Haddad/Cruzeiro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos