Róger Guedes explica trote que sofreu: 'Nada de grupo rachado'

Thiago Ferri

Provável titular do Palmeiras no jogo contra o Peñarol (URU), às 21h45 desta quarta-feira, em Montevidéu, o atacante Róger Guedes concedeu entrevista coletiva no início da tarde desta terça e falou pela primeira vez sobre o trote que sofreu antes em um treino há dez dias. O camisa 23 admite que ficou chateado com a perseguição dos companheiros, mas garante que não há problemas de relacionamento por causa disso.

- Aquilo lá foi um trote nosso. Ninguém sabe o motivo do trote, mas é aposta nossa, o Vinicius (Silvestre, goleiro) também perdeu. Lógico que na hora eu não gostei, mas depois eu voltei para o treino normalmente. A gente está em um grupo muito bom, nada de rachado. Tocaram muito nesse assunto, disseram que o grupo está rachado por causa dessa brincadeira, que fiquei bravo. Eu fiquei um pouco chateado, acho que deram uma apeladinha, mas isso é normal. Quando tiver de novo eu posso me vingar um pouquinho - disse Róger.

- É uma brincadeira que inventaram esse ano. O Vinicius foi porque não participou de um churrasco que a gente fez. A minha foi uma aposta. Perdi, tem de pagar. Se foi combinado desse jeito vai ser assim até o fim do ano - emendou.

A brincadeira aconteceu antes do jogo de ida contra a Ponte Preta, pela semifinal do Campeonato Paulista. Róger Guedes começou na reserva e a equipe perdeu por 3 a 0. Ele recuperou a posição de titular no jogo de volta, vencido pelo Verdão por 1 a 0, e deve manter o posto nesta quarta.

Com um pequeno desgaste muscular, Guedes não ficou nem no banco no jogo contra o Peñarol em São Paulo. Mesmo assim, ele sabe que a partida foi bastante tensa e que o cenário deve se repetir no estádio Campeón del Siglo.

- A gente sabe que, querendo ou não, vai apanhar bastante aqui, por ser jogo de Libertadores. A gente também vai chegar firme nas jogadas, jogo de Libertadores é assim. A gente veio para jogar futebol e sair com os três pontos. Vamos jogar do jeito que estamos jogando, não sabemos ainda qual vai ser a formação da equipe, mas o professor vem treinando bastante essa semana. Mas vamos jogar como o Palmeiras sempre joga, indo para cima do adversário - declarou, para depois afirmar:

- O grupo é muito bom, todo mundo se dá muito bem aqui no Palmeiras.












E MAIS: