Barcelona resiste ao Celta, empata em Vigo e se mantém invicto no Espanhol

EFE

Vigo (Espanha), 17 abr (EFE).- O Barcelona ampliou para 40 partidas o recorde de invencibilidade no Campeonato Espanhol e deu mais um passo rumo ao título nesta terça-feira ao empatar com o Celta de Vigo em 2 a 2 no estádio Balaídos, mesmo jogando com um homem a menos por mais de 20 minutos.

Mesmo desfalcado de quatro titulares, o zagueiro Piqué, o volante Busquets e os meias Iniesta e Rakitic, e com o também zagueiro Umtiti, o lateral-esquerdo Alba e os atacantes Messi e Luis Suárez no banco, o Barça obteve um bom resultado fora de casa e lidera o Espanhol com 83 pontos. O segundo colocado, o Atlético de Madrid, tem 71 pontos e entrará em campo pela 32ª rodada apenas na próxima quinta, em visita à Real Sociedad.

O Celta, por sua vez, ficou um pouco mais longe da zona de classificação para a próxima Liga Europa. A equipe de Vigo é nona colocada, com 44 pontos, a sete do Villarreal, que é sexto e seria o último com vaga no torneio continental caso o campeonato nacional terminasse hoje.

Com tantos jogadores poupados, Philippe Coutinho foi o líder dos 'blaugranas', com Paulinho na escolta, colocando Denis Suárez e Dembelé na cara do gol ao menos uma vez cada.

O Celta era melhor e ficava no ataque por mais tempo, mas pagou caro por um erro de sua defesa, aos 36 minutos da primeira etapa. Jonny errou passe na horizontal, os visitantes partiram no contra-ataque e Dembelé abriu o placar.

Jonny reparou a falha ao empatar o jogo, aos 45. O meia se antecipou a André Gomes no meio de campo, acompanhou a troca de passes entre Iago Aspas e Gómez e apareceu na área para arrematar e superar o goleiro Ter Stegen.

No segundo tempo, com Messi em campo, o Barça atacou mais e desempatou aos 19. Semedo desceu pela direita e cruzou na medida para Paulinho, que, em mais uma de suas infiltrações, escorou para a rede.

Sem se entregar, a equipe mandante continuou em cima e ficou com um homem a mais aos 26 com a expulsão de Sergi Roberto, que puxou Iago Aspas a um passo da área para frear um contragolpe.

O Barcelona não resistiu à pressão cedeu o empate aos 37, quando Emre Mor encheu o pé e exigiu grande defesa de Ter Stegen. No rebote, a bola bateu no peito e na mão de Aspas e entrou. A arbitragem validou o lance.

O Villarreal deu mais um passo rumo à Liga Europa ao derrotar o Leganés por 2 a 1 em casa, no Estádio de La Cerámica. Ruiz e Bacca marcaram para o 'Submarino Amarelo', e Brasanac descontou.

No outro jogo desta terça, o Sevilla, sétimo colocado, foi ao Riazor enfrentar o Deportivo La Coruña, antepenúltimo, e empatou em 0 a 0, indo a 48 pontos. O time galego soma 27, quatro a menos que o Levante, último concorrente fora da zona de rebaixamento e que na quinta receberá o lanterna Málaga. EFE


Leia também