Quinta será decisiva para Ceni saber se Cueva e Maicon jogam clássico

Bruno Grossi e Marcio Porto

O São Paulo fez mais uma vítima na temporada ao vencer o ABC por 3 a 1, no Morumbi, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Mas o técnico Rogério Ceni deixou o Morumbi nesta quarta-feira mais uma vez com preocupações na cabeça. Afinal, o meia Christian Cueva precisou ser substituído após acusar dores na coxa esquerda.

O peruano foi caçado pelos potiguares - o volante Jarde cometeu três faltas duras em 15 minutos, recebeu amarelo e foi tirado pelo técnico Geninho. O problema muscular, no entanto, já incomodava o camisa 10 do Tricolor há dias e precisará ser examinado pelos médicos. Uma avaliação será feita nesta quinta-feira pela manhã para saber a gravidade do caso.

Segundo o médico José Sanchez, a expressão de Cueva ao pedir substituição não indicava nada grave e a esperança é de que não haja "lesão aguda" na coxa esquerda. Se a suspeita se confirmar, o peruano deve ser titular contra o Palmeiras, no clássico de sábado pela oitava rodada do Campeonato Paulista - o Allianz Parque receberá o duelo.

Outro que pode saber nesta quinta se participará do Choque-Rei é o zagueiro Maicon. Fora há uma semana devido a entorse no tornozelo esquerdo, o beque será examinado e, se nada for constatado, poderá treinar às 16h com o resto do grupo. Seriam dois dias de atividades para chegar em forma ao clássico.

Luiz Araújo, que também deixou a partida contra o ABC com dores - e dois gols, para chegar a cinco na temporada -, é o que menos preocupa. O problema foi causado por uma pancada e o jogador até queria voltar a campo, mas Ceni já havia colocado Neilton em ação. Depois do jogo, ele disse que está pronto para o clássico.

Confirmada está a situação de Sidão. O goleiro foi desfalque por conta de uma lombalgia e seguirá fora do time no clássico contra o Palmeiras, pois ainda precisará de um tempo a mais para se recuperar integralmente. Denis seguirá no gol.









E MAIS: