Quilômetros percorridos por Zico na carreira viram doações para ONG

·1 min de leitura


Em iniciativa do "Km Solidário", os milhares de quilômetros percorridos por Zico durante toda a sua carreira como jogador profissional se transformarão em doações para a Associação Brasileira de Reabilitação (ABBR), instituição que oferece atendimento em musicoterapia, medicina esportiva, terapia ocupacional, ginásio de reabilitação e hidroterapia. Ao todo, o valor aproximado será de R$ 31 mil.

O "Km Solidário" doará 10 centavos por por quilômetro percorrido por Zico em suas 1281 partidas, com média de 8 quilômetros por jogo. A MOSS Earth, plataforma geradora de créditos de carbono e que terá o patrocínio ao Flamengo avaliado pelo conselho do clube nesta sexta, somará 3 reais a cada um destes kms. A parceria já foi anunciada pela empresa nas últimas semanas.

A oficina ortopédica da ABBR faz próteses, órteses e calçados personalizados. Além disso, a ABBR fornece muletas, andadores, cadeiras de banho e cadeiras de roda. A unidade recebe pacientes oriundos do SUS (cerca de 70%), particular e de plano de saúde. Segundo a direção, mensalmente são atendidos 3.500 pacientes, sendo 2 mil pessoas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O funcionamento do app - lançado há pouco mais de um mês e disponível para download tanto no IOS quanto Android - é bastante simples: o usuário tem a opção de converter sua atividade física em doação pelo próprio Km Solidário. Ao final do exercício, a distância percorrida é automaticamente revertida em doações de kms para uma das oito ONG’s, escolhida previamente pelo usuário na hora em que estiver cadastrando sua atividade, e, através de patrocínios, estes kms são convertidos em doações financeiras. São elas: Instituto Horas da Vida, Colégio Mão Amiga, Pernas de Aluguel, SOS do Câncer, Graacc, Ampara Animal, Arrastão, AroMeiaZero e Instituto de Pesquisas Ecológicas - IPÊ.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos