Quero ser grande: jovens do Vasco têm chance de ouro contra o Fla

Lucas Santos é um dos prováveis titulares do Vasco na partida desta quarta-feira (Carlos Gregório Jr/Vasco)
Lucas Santos é um dos prováveis titulares do Vasco na partida desta quarta-feira (Carlos Gregório Jr/Vasco)


Ao saber que o time do Flamengo seria praticamente todo de juniores neste início de Campeonato Carioca, o técnico Abel Braga tratou de tirar a pressão da vitória sobre o Vasco que comanda: anunciou, ainda na pré-temporada, que o clássico da segunda rodada seria "sub-20 contra sub-20". E confirmou, após a estreia, no último domingo, que pouparia todos os titulares daquele jogo na partida desta quarta, que terá transmissão em tempo real do site do LANCE!. Logo, sobrou para pôr em campo um time que também preza pela juventude. Mas nada que assuste quem conhece o grupo.

- Foi pouco tempo para se preparar, mas os meninos se conhecem, sabem como jogam cada um. Ontem (segunda-feira), o Abel fez reparos táticos, saída de bola. É um time que se conhece, e isso facilita até para um momento como esse. Apesar de ser muito pouco tempo de trabalho, é muito tranquilo - garante o goleiro Jordi.

Embora revelado na base vascaína, Jordi passa longe de ser dos mais jovens. Tem 26 anos e atua como profissional desde 2014. Mas o time que vai entrar em campo deve ter garotos que já atuaram no time de cima, como Miranda e Lucas Santos, além de outro mais experiente, caso de Andrey. Mas também deve ter estreantes. O zagueiro Ulisses, o atacante Vinícius e os laterais Nathan e Riquelme podem debutar no time principal.

- Acredito que não só aqui, mas em muitos outros clubes a base tem sido muito importante, mais valorizada. Jogadores têm a oportunidade de ter jogos televisionados para o mundo inteiro. Outra realidade. A base tem sido importante até numa situação de venda. A gente ouve falar o nome do Philippe Coutinho e sempre que o nome dele é falado o nome do Vasco também é. O jogador não carrega só o dinheiro, como muitos pensam. Carrega o caráter, formado no clube - entende Jordi.

Quem não é formado no Vasco, mas ainda é jovem e ganhou nova chance é Lucas Ribamar. O centroavante foi o único jogador confirmado como titular por Abel Braga ainda no domingo. Aos 22 anos, o Vasco é o sexto clube profissional da carreira dele. Mas ainda são os primeiros passos. Assim como fez gol no Flamengo na reta final do ano passado, outro no início desta temporada também seria bem-vindo.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também