Queridinhos da Fiel, Yuri Alberto e Róger Guedes garantem vitória do Corinthians sobre o Água Santa

Róger Guedes e Yuri Alberto foram os caras do Timão no triunfo sobre o Água Santa (Foto: Peter Leone)


O Corinthians venceu a sua primeira partida em 2023. Na estreia em casa na temporada, o Timão bateu o Água Santa por 3 a 0, em jogo marcado pela atuação da dupla de ataque: Róger Guedes e Yuri Alberto. Os dois participaram de todos os gols corintianos no jogo. Róger marcou dois, ambos com assistência de Yuri, que foi quem abriu o placar.

Com o resultado, o Time do Povo somou os seus três primeiros pontos no Campeonato Paulista, já que havia sido derrotado na estreia, pelo Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, no último domingo (15). O próximo compromisso corintiano será já neste sábado (21), contra a Inter de Limeira, no interior de São Paulo.

Já o Água Santa chegou a sua segunda derrota seguida. Também no próximo sábado (21), o Netuno volta a campo, desta vez em casa, no estádio Distrital do Inamar, contra o São Bento, de Sorocaba.


+ Henrique Dourado no Cianorte? Saiba 55 nomes famosos em clubes de menor expressão nos estaduais

+ Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

PROTESTO CORINTIANO CONTRA A FPF

Pouco antes da bola rolar, as torcidas uniformizadas do Corinthians protestaram contra a Federação Paulista de Futebol. Elas foram punidas e não puderam entrar com faixas, bandeiras ou qualquer outra identificação, por conta dos sinalizadores que foram acesos durante a derrota para o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, pela primeira rodada do Estadual. Os corintianos presentes no setor norte da Neo Química Arena cantaram: ‘Federação, vai se f…, o Coringão não precisa de você’.

A organizadas do Timão e a FPF estão em pé de guerra desde o último dia 13 de janeiro, quando os corintianos foram até a sede da entidade máxima do futebol paulista para criticar os altos valores dos ingressos para visitantes nos dois primeiros jogos envolvendo o Time do Povo na temporada, contra Red Bull Bragantino, que aconteceu no último domingo (15), e Inter de Limeira, marcado para este sábado (18).

No fim do jogo, a Gaviões da Fiel subiu diversas faixas com mensagens à Federação Paulista com frases como: Futebol, alegria do povo", "Exigimos teto de valores", "Paulistão, banco de negócios", entre outras. O presidente da entidade máxima do futebol paulista, Reinaldo Carneiro Bastos, também foi xingado por membros da uniformizada.

CORINTHIANS TEM MAIS A BOLA, MAS ÁGUA SANTA LEVA PERIGO

O Corinthians entrou em campo tendo a mesma formação do jogo de Bragança, no último fim de semana, com um 4-4-2 losango. Maycon foi o primeiro homem de meio-campo, com Du Queiroz aberto pela direita, e Renato Augusto pela esquerda.

A primeira grande chance foi corintiana, com Róger Guedes ganhando do lateral Reginaldo, pelo lado esquerdo ofensivo, enchendo o pé e acertando a trave. Porém, o Netuno também teve uma grande chance em uma falha defensiva de Balbuena. Bruno Xavier recebeu com liberdade pelo lado esquerdo, cruzou, o zagueiro paraguaio tentou tirar de cabeça, mas a bola passou e sobrou para Júnior Todinho, que finalizou no canto esquerdo. Cássio fez a defesa.

A equipe de Diadema chegou com perigo pelo menos mais três vezes: com Júnior Todinho finalizando na entrada da área e obrigando Cássio espalmar para escanteio, Lucas Dias mandando na rede pelo lado de fora e Igor Henrique cabeceando por cima do gol.

TIMÃO TEM DUPLA DE ATAQUE LETAL

Mas não teve jeito, o jogo era da dupla de ataque corintiana: Róger Guedes e Yuri Alberto. A dupla foi essencial para o triunfo corintiano, participando diretamente dos três gols que o clube alvinegro marcou.

Aos 20 minutos do primeiro tempo, uma ótima trama entre Renato Augusto, Fagner e Yuri Alberto terminou no primeiro gol corintiano. Renato dominou pela esquerda e inverteu o jogo no pé de Fagner, que dominou, levantou a cabeça e cruzou na cabeça de Alberto, que marcou pela primeira vez desde que foi comprado definitivamente.

Aos 38 da etapa inicial, o primeiro gol marcado em conjunto pela dupla de ataque. Du Queiroz tomou a bola no meio-campo e acionou Yuri, que arrancou e tocou para trás e encontrou Róger Guedes, que fintou a marcação e bateu na saída do goleiro Ygor Vinhas.

O terceiro gol foi anotado no segundo tempo, aos 24 minutos, Du Queiroz mais uma vez iniciou a jogada, deu para Giuliano, que encontrou Yuri. O centroavante bateu cruzado e encontrou Róger para marcar o segundo dele no jogo, ambos com assistência do companheiro de ataque.

E quase Guedes deixou o terceiro, próximo ao fim da partida, acertando a trave em uma cobrança de falta. A infração, inclusive, foi sofrida por Yuri Alberto. O Corinthians chegou a marcar o quarto gol, com Balbuena, aproveitando uma cobrança de falta pelo lado direito e subindo de cabeça. Porém, tanto o bandeira, quanto o VAR, assinalaram impedimento. O lance foi milimétrico

ROMERO E BIDU ESTREAM

Com o jogo controlado, o técnico Fernando Lázaro promoveu as estreias do lateral-esquerdo Matheus Bidu e do atacante Ángel Romero, reforços contratados neste início de ano. Romero jogou quase toda a etapa final, não foi responsável por grandes lances de perigo, mas em um momento foi responsável por uma situação de efeito, quando tentou um elástico para cima de dois jogadores e sofreu uma falta. Bidu já entrou próximo do fim da partida e atuou menos de 10 minutos.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

CORINTHIANS 3 X 0 ÁGUA SANTA
CAMPEONATO PAULISTA - 2ª RODADA


Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data e hora: 18 de janeiro de 2023, às 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Bruno Silva de Jesus
Árbitro de vídeo: Jose Claudio Rocha Filho
Público e renda: 37.796 pessoas e R$ 2.325.141,50
Cartões amarelos: Du Queiroz (Corinthians)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Yuri Alberto (21'/1T), Róger Guedes (39'/1T) e Róger Guedes (25'/2T)

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Balbuena e Fábio Santos (Matheus Bidu, 39'/2T); Du Queiroz (Cantillo, 29'/2T), Maycon (Roni, intervalo) e Renato Augusto (Giuliano, 12'/2T); Adson (Ángel Romero, 12'/2T), Yuri Alberto e Róger Guedes. Técnico: Fernando Lázaro.

ÁGUA SANTA
​Ygor Vinhas; Reginaldo, Marcondes, Didi e Anderson (Ronald, 14'/2T); Kadi, Thiaguinho (Cristiano, 23'/2T), Igor Henrique (Renato Júnior, 23'/2T) e Luan Dias (Ramon Vinicius, 31'/2T); Bruno Xavier e Junior Todinho (Bruno Mezenga, 14'/2T). Técnico: Thiago Carpini.