Queniana Ruth Chepngetich e etíope Seifu Tura vencem a maratona de Chicago

·1 minuto de leitura
Prticipantes da maratona de Chicago (Illinois, Estados Unidos) (AFP/KAMIL KRZACZYNSKI)

Ruth Chepngetich, do Quênia, e Seifu Tura, da Etiópia, venceram a maratona de Chicago (Estados Unidos) neste domingo, um dos grandes eventos mundiais desta modalidade que voltou a ser disputada após ser cancelada no ano passado pela pandemia covid-19.

Entre os homens, Tura venceu com o tempo não oficial de 2 horas, 6 minutos e 12 segundos.

O atleta etíope, que ficou de fora da equipe de seu país que participou dos Jogos Olímpicos de Tóquio, chegou à frente do americano Galen Rupp por 23 segundos. O terceiro lugar ficou com o queniano Eric Kiptanui (2:06:51).

No feminino, Chepngetich venceu em um tempo não oficial de 2h 22 minutos e 31 segundos, 1:49 segundo à frente da americana Emma Bates, seguida pela compatriota Sara Hall, com o tempo de 2:27:19.

A maratona de Chicago integra o grupo das seis principais provas da modalidade do mundo, conhecidas como "Majors", ao lado dos eventos em Tóquio (Japão), Boston (EUA), Londres (Inglaterra), Berlim (Alemanha) e Nova York (EUA).

js/dg/gfe/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos