Queniana e etíope vencem a São Silvestre

·1 min de leitura
Foto de arquivo da largada da São Silvestre de 2018 (AFP/Miguel SCHINCARIOL)

Assim como em 2018, a queniana Sandrafelis Chebet Tuei e o etíope Belay Bezabh venceram a corrida de São Silvestre, nesta sexta-feira em São Paulo, prova que terminou com cinco brasileiros no pódio masculino e feminino.

Chebet Tuei, grande favorita na categoria elite feminina da 96ª edição da maior corrida urbana da América Latina, não deu chances às adversárias.

Desde o início da prova na capital paulista, a queniana de 23 anos abriu uma distância intransponível, percorreu praticamente os 15 quilômetros do trajeto como líder e acabou cruzando a linha de chegada em 50 minutos e 6 segundos, 14 segundos abaixo do tempo registrado na sua vitória de 2018.

Com esta conquista, a atleta do Quênia completa um ótimo segundo semestre, no qual também venceu duas meias maratonas, a Ijebu Heritage (Nigéria) e Edreams Mitja Marató Barcelona (Espanha).

A etíope Yenenesh Dinkesa acabou a corrida em segundo, mais de um minuto depois de Tuei.

Completaram o pódio na categoria feminina as brasileiras, Jenifer Nascimento, Valdilene dos Santos e Franciane dos Santos.

Entre os homens, o vencedor foi o etíope Belay Bezabh, que ganhou a meia maratona de Nova York em 2019, seguido pelo brasileiro Daniel do Nascimento, que treinou durante este ano no Quênia, após ser em 2019 o melhor corredor do Brasil na São Silvestre (a edição de 2020 não foi realizada por conta da pandemia).

O etíope de 26 anos cruzou a linha de chegada com 44 minutos e 54 segundos. Daniel do Nascimento chegou 15 segundos depois.

A terceira posição ficou com o boliviano Héctor Flores, enquanto o também o quarto lugar foi para o queniano Elisha Rotich, tendo logo atrás o também brasileiro José Márcio da Silva.

jm/app/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos