Quem será o titular? Treinador do Uruguai tem dúvidas antes de estreia na Copa do Mundo

Diego Alonso procura alternativas para definir titulares na estreia uruguaia na Copa (Foto: Pablo PORCIUNCULA/AFP)


A estreia do Uruguai na Copa do Mundo do Qatar está marcada para esta quinta-feira, às 10h (de Brasília), diante da Coreia do Sul, pelo Grupo H. Para o confronto, porém, o treinador Diego Alonso ainda precisa definir quem entrará como titular em setores de grande importância.

> Veja imagens de como foi a Cerimônia de Abertura da Copa do Mundo de 2022

Apesar dos treinamentos estarem acontecendo com portões fechados para a imprensa, pelo menos três dúvidas de Diego Alonso estão evidentes antes da estreia. Trata-se de quem será o dono da lateral-direita, a dupla de José María Giménez na zaga, além do quarto volante.

Para o lado direito do campo, o treinador celeste pode contar ou com Guillermo Varela, atleta de 29 anos que atualmente joga pelo Flamengo, ou com Martín Cáceres, veterano de 35 anos que está se despedindo da seleção após a disputa da quarta Copa, nesta ordem, já que Ronald Araújo, do Barcelona, ainda se recupera de lesão.

> Clique e confira a tabela completa e simulador da Copa do Mundo!

Já para a segunda vaga disponível na zaga, Seba Coates e Diego Godín têm prioridade na escolha. O primeiro pode representar bem a atualidade do elenco uruguaio, já que o capitão do Sporting-POR fez uma ótima temporada antes do Mundial.

Já o segundo é um dos nomes mais consagrados com a camisa celeste e, caso Diego Alonso opte por sua entrada, estará apostando na experiência e na tradição. O capitão, inclusive, está totalmente recuperado de uma lesão, podendo ser titular tranquilamente.

Por fim, no meio campo, há três nomes na disputa: Nicolás De la Cruz, De Arrascaeta e Facundo Pellistri. O primeiro é destaque no River Plate e tenta se firmar também na seleção. O último é um "novato" de apenas 20 anos de idade, que está começando a ganhar um certo protagonismo no Manchester United-ING.

Arrascaeta, por sua vez, é bem conhecido. Além de ser decisivo, o craque do Flamengo é uma das peças fundamentais em qualquer time que joga, seja o carioca ou o nacional do seu país. Podendo apresentar versatilidade e poderio ofensivo, o meia é uma das opções mais fortes para a titularidade.

Diego Alonso ainda terá dois dias para decidir quem será o titular nas posições citadas, tentando levar a seleção do Uruguai o mais longe possível.