Quem se destacou e quem deixou a desejar no empate entre Fluminense e Portuguesa

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Preservando seus titulares em virtude da disputa da Conmebol Libertadores, o Fluminense entrou em campo neste domingo (2), pelo jogo de ida da semifinal do Carioca, com um time recheado de reservas. O resultado final de 1 a 1 contra a Portuguesa deixou o Tricolor das Laranjeiras a um novo empate de chegar à decisão do Estadual, afinal de contas, tem a vantagem dos placares iguais por ter emplacado a melhor campanha na fase de classificação.

Alguns jogadores aproveitaram bem a oportunidade recebida no Luso Brasileiro, outros nem tanto. A seguir, listamos os destaques e as decepções do Fluminense na partida:

DESTAQUES

1. Marcos Felipe

Marcos Felipe teve mais uma grande exibição | Bruna Prado/Getty Images
Marcos Felipe teve mais uma grande exibição | Bruna Prado/Getty Images

Sabemos que Marcos Felipe é titular da equipe, mas não tem como deixá-lo de fora da lista de destaques da partida. O goleiro teve mais uma grande atuação com a camisa tricolor, fazendo algumas intervenções importantes, dentre elas um 'milagre' na reta final do duelo. Garantiu a igualdade no marcador.

2. Gabriel Teixeira

Biel tem sido um dos destaques do Fluminense nos últimos jogos | Andre Fabiano/Código19/Gazeta Press
Biel tem sido um dos destaques do Fluminense nos últimos jogos | Andre Fabiano/Código19/Gazeta Press

Já se tornou o 'novo xodó' da torcida tricolor e com razão: o garoto não se esconde do jogo e, apesar da juventude, sempre chama a responsabilidade. Veloz e muito habilidoso, se movimentou bastante e levou perigo constante à defesa adversária.

3. Paulo Henrique Ganso

Ganso fez um bom jogo na armação tricolor | Buda Mendes/Getty Images
Ganso fez um bom jogo na armação tricolor | Buda Mendes/Getty Images

Não teve uma atuação brilhante, mas foi o mais lúcido e efetivo do setor de meio-campo do Fluminense, distribuindo ótimos passes para os homens de frente da equipe. Infelizmente, os atacantes tricolores não estiveram em uma tarde inspirada.

DECEPÇÕES

4. Matheus Ferraz

Matheus Ferraz esteve muito abaixo de seu companheiro de zaga, Manoel | Alexandre Schneider/Getty Images
Matheus Ferraz esteve muito abaixo de seu companheiro de zaga, Manoel | Alexandre Schneider/Getty Images

Lento e inseguro, viu seu setor ser constantemente explorado pelos atacantes da Lusa. É bem verdade que não recebeu a ajuda de Egídio, que novamente foi mal defensivamente, mas o fato é que Ferraz vem dando sinais de declínio físico. Não é mais um reserva confiável como era antes.

5. Hudson

Hudson já se tornou 'persona non grata' junto aos torcedores | Pedro Vilela/Getty Images
Hudson já se tornou 'persona non grata' junto aos torcedores | Pedro Vilela/Getty Images

Isso está ficando um pouco repetitivo, não é mesmo?

Mas o fato é que Hudson não está se ajudando nessa sua 'segunda passagem' pelas Laranjeiras. Hoje, teve mais uma atuação bisonha com a camisa tricolor, errando passes curtos e desperdiçando uma chance claríssima de gol após receber belo passe de Ganso.

6. Abel Hernández/Bobadilla

Bobadilla perdeu um ''gol feito' na reta final do duelo | Pool/Getty Images
Bobadilla perdeu um ''gol feito' na reta final do duelo | Pool/Getty Images

Colocamos os dois centroavantes em um só item pois ambos tiveram oportunidades claras de gol e pecaram na conclusão/tomada de decisão. Com o artilheiro Fred poupado, os dois gringos precisavam mostrar serviço, mas acabaram colocando uma 'pulga atrás da orelha' do torcedor no pior dos sentidos da expressão: será que estão à altura na ausência do camisa 9?