Quem é Matheus Cunha, atacante do Hertha Berlin e autor de golaço na Bundesliga?

Goal.com

O brasileiro Matheus Cunha foi um dos nomes desse sábado (16), que marcou o retorno do campeonato alemão, a Bundesliga. Ele anotou um golaço que fechou a vitória, fora de casa, por 3 a 0 do Hertha Berlin sobre o Hoffenheim.

O atacante de apenas 20 anos fez uma linda jogada individual na beirada do campo, carregou até a área e mesmo com pouco ângulo, acertou um belo chute que estufou as redes e deu números finais à grande vitória do time da capital alemã. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Ele foi o artilheiro da seleção brasileira pré-olímpica, no torneio disputado no começo do ano e já mostrou o que pode entregar em seu novo clube.

Tanto pela sua posição, quanto pela trajetória (desconhecido no Brasil e com o talento lapidado na Alemanha), o paraibano é constantemente comparado a Roberto Firmino, que deixou o Brasil para aparecer com destaque no Hoffenheim antes de transferir-se para o Liverpool.

NOVO FIRMINO?

Matheus Cunha RB Leipzig VfL Wolfsburg DFB Pokal 06022019
Matheus Cunha RB Leipzig VfL Wolfsburg DFB Pokal 06022019
(Foto: Getty Images)

Paraibano nascido em João Pessoa, o atacante foi criado nas categorias de base do Coritiba. Deixou o Couto Pereira sem fazer nenhuma partida pela equipe principal, em 2017, para assinar com o Sion. No futebol suíço, destacou-se rápido: 10 gols e oito assistências em 33 duelos.

Atacante rápido e que pode ser utilizado nas três principais funções de ataque – pelas pontas, como referência ou mais recuado, armando o jogo – Matheus atraiu a atenção do RB Leipzig, que gastou 15 milhões de euros para tirá-lo da Suíça, em 2018.

MATHEUS CUNHA SION
MATHEUS CUNHA SION
Matheus, ainda pelo Sion (Foto: Getty Images)

O brasileiro teve uma passagem com altos e baixos no Leipzig. Autor de um golaço contra o Bayer Leverkusen, Cunha disputou 52 partidas com a camisa da equipe da marca de energéticos, nas quais fez nove gols e deu três assistências. Porém, ainda não era um titular constante e absoluto, mas já dava indícios de um futuro promissor no alto de seus 18 anos. 

Até que durante o torneio pré-olímpico em janeiro de 2020, no qual o Brasil foi vice-campeão e Matheus foi o artilheiro com 5 gols, o Hertha Berlin anunciou a compra do jovem destaque. A equipe da capital alemã desembolsou cerca de 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 94 milhões na cotação da época) pela aquisição do meia-atacante. Um valor que representa bastante das expectativas que o tradicional clube tem sobre o ex-Coxa.

Leia também