Quem é Bruno Fernandes, que desafia Messi e Mbappé como craque da Copa

Evidentemente Lionel Messi e Kyllian Mbappé são os grandes destaques da Copa do Mundo do Catar, mas um português quer roubar o posto de melhor jogador do Mundial dos jogadores do PSG. Embora todos os olhares estejam virados para Cristiano Ronaldo, o meio-campista Bruno Fernandes é o nome de Portugal na competição.

Com duas assistências na vitória sobre a Gana por 3 a 2, na primeira rodada do Mundial, e dois gols no triunfo por 2 a 0 sobre o Uruguai, no segundo jogo, o jogador do Manchester United é o grande protagonista do time de Fernando Santos.

Esse protagonismo vem desde o clube inglês. Na temporada passada, o jogador já vinha mostrando sua importância no elenco de Erik Ten Hag, nos Red Devils. Em 46 jogos, foram 10 gols e 14 assistências. Já na atual, até a pausa para a Copa, Fernandes marcou três vezes em 20 jogos e deu três passes para gol.

Com apenas 17 anos, Bruno deixou sua família e foi jogar no Nobara, da Itália, mas nas primeiras semanas, pensou em desistir. "Eu ganhava o salário mínimo, que era 1.500 euros, mas só comecei a receber em fevereiro. Entre junho e aquele fevereiro eu só tinha os 50 euros que minha mãe me deu. Aquele dinheiro durou esse tempo todo porque eu vivia no CT, tinha tudo o que precisava lá", disse, em entrevista à RTP.

Até os 16 anos, Bruno era zagueiro, mas em pouco tempo virou um dos melhores meias do mundo. Determinado, mas também conhecido como ranzinza, ele não demorou a assumir a braçadeira de capitão em todos os clubes que jogou.

Após sair do Novara, Bruno Fernandes se transferiu para Udinese, da Itália, onde ficou por quatro temporadas, mas nesse meio tempo ele foi emprestado ao Sampdoria, também italiano. Embora seja um jogador renomado, o meio-campista só conquistou quatro títulos na carreira: Uma Taça de Portugal, duas taças da Liga, todas pelo Sporting, e uma Nations League, com Portugal.