Quem é Alef Manga, atacante ventilado em Vasco, Corinthians e Flamengo

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Desde as primeiras horas desta segunda-feira (5), um nome pouco conhecido do grande público que acompanha futebol brasileiro preenche os 'assuntos mais comentados' do Twitter: Alef Manga.

Artilheiro do Campeonato Carioca e principal destaque da campanha espetacular do Volta Redonda - a equipe da Cidade do Aço lidera a competição com 19 pontos conquistados em 24 possíveis -, o atacante certamente se assustou ao ver o seu nome em alta nas redes sociais e no epicentro de inúmeros rumores de mercado: em questão de poucas horas, Vasco, Corinthians e Flamengo foram 'credenciados' como destinos possíveis para o goleador, negociações hipotéticas que não foram confirmadas por nenhum dos clubes citados. Nada que impedisse, no entanto, a análise minuciosa de vascaínos, rubro-negros e corintianos sobre o suposto novo reforço.

Alef Manga é o artilheiro do Estadual | ALEXANDRE NETO/Photopress/Gazeta Press
Alef Manga é o artilheiro do Estadual | ALEXANDRE NETO/Photopress/Gazeta Press

Mas quem é Alef Manga?

Nascido em Santos (SP), Alef Mangueira começou a sua carreira no Jabaquara ainda em 2012, mas só conseguiria emplacar uma boa sequência de atuações quatro anos depois, em 2016, ao voltar ao próprio Jabaquara após passagens sem sucesso por clubes pequenos do Estado de São Paulo.

Anotou seis gols na campanha da Segunda Divisão do Estadual daquele ano e, em seguida, acabou rumando ao Cascavel. Tornou-se um 'itinerante' da bola com passagens por diversos clubes paranaenses, além de Santa Rita, Coruripe, ASA, Portuguesa, Resende e até mesmo uma breve 'aventura' em Portugal. Chegou ao Volta Redonda na reta final da temporada 2020, como reforço para a disputa da Série C.

Volta Redonda é o líder do Carioca 2021 | MAURO FANHA/ISHOOT
Volta Redonda é o líder do Carioca 2021 | MAURO FANHA/ISHOOT

Badalação justa?

Anunciado pelo Volta Redonda em 24 de setembro do ano passado, o atacante de 26 anos soma 15 gols em 18 jogos disputados pelo clube da Cidade do Aço. Em 2021, são nove gols anotados em nove partidas, sendo sete deles pelo Carioca, onde ostenta o status de artilheiro isolado.

É, sem dúvida, o melhor momento de sua carreira profissional. Plenamente adaptado ao time, se destaca pelo bom posicionamento, capacidade de finalização e inteligência.

Vale a pena contratá-lo? Bem, trata-se de uma aposta de custo baixo, e o torcedor do clube que decidir bancar sua chegada precisará entender isso: este ótimo momento atual do atacante pode ser algo apenas pontual, como pode, também, ser a evidência de que tem potencial para crescer ainda mais em um clube maior. Alguém pagará pra ver?