Que isso, rapaz? Clube europeu demite jogador que compartilhou foto de colega nu em vestiário

LANCE!
·1 minuto de leitura


Na Islândia, um fato curioso dentro do vestiário do ÍBV gerou polêmica no país. O atacante inglês Gary Martin admitiu ter tirado uma foto de seu colega de equipe nu e compartilhado em um grupo do elenco nas redes sociais. O clube islandês rescindiu unilateralmente o contrato do jogador, que prometeu entrar com ações jurídicas.
+ Confira os grupos da Copa Libertadores 2021

Antes mesmo da decisão do clube, a vítima envolvida na polêmica já havia entrado em contato com a polícia e iniciado um processo contra Gary Martin. Em comunicado, o atacante se defendeu e afirmou que o ex-companheiro de equipe não tem aceitado os pedidos de desculpas.

- Na semana passada, tirei uma foto dentro do vestiário, após uma vitória, de um jogador que tinha acabado de sair do banho e enviei um comentário que deveria ser engraçado. Embora muitas pessoas tenham achado a mensagem engraçada, o jogador da foto não pensou assim - escreveu.

- Ele não quer me encontrar. Enviei-lhe uma mensagem em que humildemente me desculpo por tê-lo magoado, mas ele não responde. Fui à casa dele, mas ele não queria falar comigo. (...) Respeito a opinião do jogador e não tentei magoá-lo de forma alguma - completou o inglês.

Gary Martin também era treinador das categorias de base do ÍBV e não seguirá no comando da equipe. De acordo com o jogador e sua equipe jurídica, o atleta que teve a foto vazada não quis retirar as queixas e o caso ainda vai ser julgado.