Quatro derrotas seguidas: período que definiu a manutenção do Vasco na Série B repete pior fase em 2020

·1 min de leitura


A campanha do Vasco, que já era ruim, culminou no fim das chances de acesso quando o time perdeu as quatro últimas partidas. A manutenção na Série B do Campeonato Brasileiro é uma realidade, e muito por conta de um período semelhante a uma sequência decisiva para o rebaixamento, na temporada passada.

Na reta final do primeiro turno do Brasileirão do ano passado, a má fase do Cruz-Maltino chegou a cinco derrotas consecutivas. O período acabou por ceifar a passagem de Ramon Menezes no comando técnico, e teve também o primeiro jogo de Ricardo Sá Pinto à frente da equipe.

Na ocasião, o Vasco perdeu para Atlético-MG, Bahia, Flamengo, Internacional e Corinthians. Desta vez, o time perdeu para CSA, Guarani, Botafogo e Vitória. A má fase inclui também um empate anterior com o Náutico. Na temporada 2020, o time chegou a ter, naquela série, nove jogos sem vencer no Brasileiro.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

A lição é simples: em campeonatos por pontos corridos é preciso vencer sequencialmente. E quanto mais longa a má fase, pior para qualquer objetivo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos