Corinthians e Palmeiras abrem os cofres por título do Paulistão

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Corinthians e Palmeiras decidem o Paulistão 2020.  Foto: Alan Morici/AGIF
Corinthians e Palmeiras decidem o Paulistão 2020. Foto: Alan Morici/AGIF

Sem economia. Assim dá para descrever os prêmios prometidos pelos dirigentes de Corinthians e Palmeiras a seus jogadores em caso de título do Paulistão. O Verdão vai pagar R$ 4,5 milhões de bicho a seus atletas, enquanto o Timão oferece R$ 3,2 milhões. As cifras alvinegras foram reveladas por um dirigente do alto escalão, enquanto as alviverdes foram obtidas com um jogador - a diretoria do Palmeiras não confirma os valores.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Vale a lembrança de que a FPF (Federação Paulista de Futebol) dará ao campeão R$ 5 milhões. Ou seja, o presidente palmeirense Maurício Galiotte se dispôs a destinar praticamente todo o prêmio a seu elenco e comissão técnica, ciente da importância que o título estadual tem para a torcedor alviverde e também para ele.

Leia também:

Desde que se tornou presidente, Galiotte tem péssimo retrospecto diante do rival: são duas vitórias, dois empates e oito derrotas, uma delas na final do Paulistão de 2018. Já o Corinthians pode emplacar seu quarto título paulista consecutivo, algo que nunca ocorreu em São Paulo na era profissional.

O Blog apurou que o Palmeiras já havia pago bichos pelas classificações nas duas fases anteriores de mata-mata, contra Santo André e Ponte Preta, nas quartas e semifinal, respectivamente. Porém, as cifras foram muito menores.

Já o presidente corintiano Andrés Sanchez adotou uma estratégia extrema em relação aos bichos: não pagou qualquer centavo até agora no Paulistão. E só haverá prêmio pelo título. Em caso de vice-campeonato, os jogadores não terão direito a qualquer centavo.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos