Quanto Corinthians e Internacional devem ganhar com venda de Gustagol?

Goal.com

O atacante Gustavo, que pertence ao Corinthians e está emprestado ao Internacional, está perto de se transferir ao Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul. O clube paulista e os coreanos estão nos estágios finais das negociações, que deve se concretizar nos próximos dias, conforme as expectativas de ambos os lados.

Depois de alguns empasses quanto aos valores e divisão de percentuais, o Corinthians, segundo o Globoesporte.com, aceitou a proposta do clube, e as negociações devem ser finalizadas ainda na quarta-feira (1). Os valores não foram divulgados, mas o GE apurou que giram em torno de US$ 3 milhões (cerca de R$ 16,3 milhões).

Os direitos econômicos de Gustagol pertencem a quatro times diferentes: Corinthians, Inter, Criciúma e Taboão da Serra. Os gaúchos adquiriram 15% pertencentes ao Corinthians no início do ano, quando acertaram o empréstimo do atacante, deixando os paulistas com 30% dos direitos. O Criciúma, primeiro clube profissional do jogador, é o que tem mais  percentuais de Gustavo, 35%. Os outros 20% pertencem ao Taboão da Serra, clube de juventude do atacante. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Assim, no caso de a venda se concretizar pelos US$ 3 milhões, o Corinthians teria direito a cerca de US$ 900 mil, o Inter US$ 450 mil, Criciúma US$ 1 milhão e Taboão da Serra US$ 600 mil.

Antes de emprestar o atacante ao Inter, o Corinthians recusou uma proposta do mesmo Jeonbuk Motors, para levar o jogador emprestado. O Timão disse que só estava disposto a liberar o jogador em definitivo, por US$ 5 milhões, que na época equivalia a cerca de R$ 20 milhões, e hoje a mais de RS 25 milhões.

Na temporada, Gustavo tem apenas seis jogos oficiais, três pelo Inter e três pelo Corinthians, sem marcar nenhum gol. Além de nunca ter conseguido corresponder às expectativas do torcedor alvinegro, apesar de ter algumas boas atuações com a camisa corinthiana. 

Leia também