Quanta emoção! Botafogo busca empate com o Cruzeiro no minuto final pela Série B

·3 minuto de leitura


Um jogo repleto de emoções para marcar a abertura da 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, Cruzeiro e Botafogo empataram em 3 a 3. Gilvan (contra) e Marcelo Moreno, duas vezes, fizeram para a Raposa, enquanto que Chay, com três gols, fez para o Alvinegro.

O Botafogo volta aos gramados no próximo sábado para enfrentar o Brusque, às 19h, no Estádio Augusto Bauer. O Cruzeiro entra em campo no mesmo dia, mas às 16h30, para medir forças com o Avaí às 16h30. Ambos os duelos serão válidos pela 12ª rodada da Série B.

+ Veja a tabela da Série B

DESCULPA, PAI!
A partida mostrou que seria agitada logo no início. Botafogo e Cruzeiro ameaçaram as respectivas metas nos primeiros minutos de jogo. Foi o Alvinegro, contudo, que se deu melhor.

Após boa jogada individual, Diego Gonçalves arrancou do meio-campo até a área e foi derrubado por Léo Santos. O árbitro assinalou pênalti: na cobrança, Chay deslocou Fábio, abriu o placar e se tornou o artilheiro do Botafogo na Série B, igualando Rafael Navarro.

RAPOSA MELHORA
​Após o gol do Botafogo, o Cruzeiro foi mais ao ataque com o objetivo de tentar buscar o empate. As principais jogadas da Raposa saíam nas bolas paradas, principalmente por meio dos escanteios, que arrancaram suspiros da defesa do Alvinegro na maioria das vezes.

A Raposa teve mais a posse da bola, mas o Botafogo também voltou a ter chances. O Glorioso desperdiçou, pelo menos, duas chances de criar contra-ataques com superioridade numérica. Ou seja, o primeiro tempo terminou de forma equilibrada e aberta.

GOL CONFIRMADO
O gol do Cruzeiro parecia uma questão de tempo. A equipe comandada por Mozart voltou melhor para a etapa final e, assim como em parte da primeira metade do jogo, chegava com mais facilidade ao ataque.

Não demorou muito para este ímpeto se transformar em números. Ainda no começo da etapa, Bruno José entrou sozinho no lado direito, cruzou rápido e Gilvan, em uma tentativa de cortar, acabou jogando para dentro da própria meta. O gol contra empatou a partida.

CHEIO DE EMOÇÕES!
O Botafogo não ficou muito tempo atrás do placar. Pouco tempo depois do gol, o Alvinegro aproveitou uma bobeada da defesa do Cruzeiro para voltar a ter vantagem. Após cruzamento, a zaga não afastou e Chay, de bico, colocou para o fundo das redes.

A questão é demorou menos ainda para o Cruzeiro ficar atrás do placar. A Raposa virou o jogo com dois gols em três minutos. O primeiro após pênalti cometido por Kanu: Marcelo Moreno perdeu a cobrança, mas, no rebote, guardou. O segundo, após uma bobeada da defesa do Alvinegro, com o boliviano acertando um chute de rara felicidade de fora da área.

QUE JOGO É ESSE?
O Botafogo, atrás do placar, se jogou ao ataque nos minutos finais em busca de um empate heróico. E ele chegou. Aos 48 minutos, Marco Antônio foi derrubado dentro da área. Na cobrança, Chay marcou e fez o seu terceiro gol na partida.

FICHA TÉCNICA
Botafogo x Cruzeiro
Data/Hora: 10/07, às 16h30
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (FIFA - PR)
Assistentes: Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR) e João Fábio Machado Brischiliari (PR)
Gramado: Regular
Cartões amarelos: Marcelo Chamusca, Barreto e Gilvan (BOT); Léo Santos, Bruno José e Giovanni (CRU)
Cartões vermelhos: Mozart (CRU)

Gols: Chay (1-0, 9'/1ºT), Gilvan [contra] (1-1, 9'/2ºT); Chay (2-1, 16'/2ºT); Marcelo Moreno (2-2, 22'/2ºT); Marcelo Moreno (2-3, 24'/2ºT); Chay (3-3, 48'/2ºT)

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Daniel Borges (Warley 32'/2ºT), Kanu, Gilvan, Guilherme Santos (Rafael Carioca 32'/2ºT); Pedro Castro, Barreto (Matheus Frizzo 23'/2ºT); Felipe Ferreira (Marco Antônio 23'/2ºT), Chay, Diego Gonçalves; Rafael Navarro (Rafael Moura 23'/2ºT). Técnico: Marcelo Chamusca.

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres (Norberto 21'/1ºT), Ramon, Léo Santos (Rhodolfo/Intervalo), Jean Victor; Lucas Ventura (Flávio 31'/2ºT), Giovanni, Marcinho; Airton (Wellington Nem 23'/2ºT), Rafael Sóbis (Marcelo Moreno/Intervalo), Bruno José. Técnico: Mozart.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos