Quando sai a restituição do imposto de renda? Veja o calendário

Felipe Blumen
·2 minuto de leitura
Quando sai a restituição do imposto de renda? Veja o calendário
A restituição do Imposto de Renda é feita por meio de lotes. Veja qual é o seu.

A Receita Federal devolve o dinheiro aos contribuintes que pagaram demais por meio da restituição do Imposto de Renda. Se você declarou corretamente, pode ser que tenha direito a receber. E, para começar, deve consultar sua restituição IR.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Como funcionam os lotes

A devolução é feita por meio de lotes. Em 2020, por exemplo, o valor do tributo excedente foi entregue de volta aos contribuintes em cinco lotes mensais, a partir do mês de maio.

Leia também

O primeiro lote sempre é reservado para as pessoas que possuem prioridade, como idosos. Depois, a ordem de restituição segue a ordem de entrega da declaração do Imposto de Renda. Ou seja, quem declarou antes recebe antes.

O objetivo é que a toda a quantia devida seja devolvida até o mês de dezembro do mesmo ano em que foi declarada. No site da receita é possível conferir o cronograma de lotes de restituição.

Consultando

Para descobrir se você foi contemplado nos lotes que forem saindo, basta acessar a busca por CPF no site da Receita Federal.

Na página de consulta, preencha seu CPF, sua data de nascimento e o ano de exercício (2020, por exemplo). Por fim, digite os caracteres da verificação de segurança e clique em avançar.

Resgate da restituição

O pagamento da restituição é efetuado exclusivamente mediante crédito em conta corrente bancária ou poupança de titularidade do beneficiário, informada durante a declaração do IR.

O valor da restituição do IRPF é atualizado pela taxa Selic, acumulada a partir do mês seguinte ao prazo final de entrega da declaração até o mês anterior ao pagamento, mais 1% no mês do depósito. Uma vez encaminhado ao banco, o valor da restituição não muda mais.

Decorrido o prazo de um ano para resgate na rede bancária, a restituição é devolvida para a RFB e poderá ser requerida por meio do formulário eletrônico “Pedido de Pagamento de Restituição”. Este pode ser encontrado na página Consulta Restituição e Situação da Declaração IRPF ou no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), serviço Restituição e Compensação, item Restituição do Imposto de Renda Pessoa Física - IRPF, opção Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF).

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube