Quando foi a última Copa do Mundo?

Jogadores da França comemoram o título da Copa do Mundo de 2018 (Foto: Fred Lee/Getty Images)
Jogadores da França comemoram o título da Copa do Mundo de 2018 (Foto: Fred Lee/Getty Images)

O ciclo entre Copas do Mundo sempre promove muitas mudanças. Muitas vezes, jogadores relevantes em uma edição perdem espaço no ciclo seguinte e sequer conseguem participar deles. Seleções campeãs não conseguem repetir o desempenho e são eliminadas cedo ou até ficam fora da competição. O maior exemplo disso é a seleção italiana, que luta para conseguir uma vaga após ter ficado fora de 2018.

As campeãs Espanha, em 2010, e Alemanha, em 2014, também sofreram nos ciclos seguintes às suas conquistas, sendo eliminadas ainda na primeira fase de cada competição. É esse estigma que a França, campeã da Copa do Mundo da Rússia em 2018, tentará apagar quando entrar em campo no mês de novembro, no Qatar, sob o comando de jogadores que permaneceram relevantes e até ganharam mais espaço nesses quatro anos.

Quando foi campeã, a França já tinha a força de Kylian Mbappé no ataque, mas esperava-se dele justamente o que aconteceu. É um dos melhores jogadores do PSG e é um dos nomes mais quentes do mercado da bola, especialmente com o interesse do Real Madrid. Para complementar o ataque da seleção, também se destaca Karim Benzema, que ficou fora do ciclo de 2018 por conta de uma acusação de chantagem ao também companheiro de seleção Valbuena.

Modric foi o melhor

A Copa do Mundo da Rússia também criou uma história que modificou o prêmio de Melhor do Mundo, dado ao croata Luka Modric naquele ano. Ele foi responsável por levar a Croácia até a final da competição, quando foram derrotados pela França.

Naquele ano, também houve empolgação pela campanha da Inglaterra, que continua forte neste novo ciclo, encabeçada pelo atacante Harry Kane, do Tottenham, artilheiro da Copa do Mundo de 2018. O English Team tenta voltar à época gloriosa e levantar a taça pela segunda vez.

Domínio europeu

A Copa da Rússia, porém, escancarou os problemas das seleções sul-americanas, já que nenhuma delas sequer chegou às semifinais. Argentina e Colômbia foram eliminadas nas oitavas, por França e Inglaterra, respectivamente, enquanto Uruguai e Brasil caíram na fase seguinte, para França e Bélgica.

Vale lembrar que, em 2022, a Copa do Mundo será disputada nos meses de novembro e dezembro. Usualmente, a competição acontece entre junho e julho.