Qualidade defensiva e boa saída de jogo; veja números de Gabriel Neves pelo Nacional na Libertadores

·2 minuto de leitura


O São Paulo oficializou, na última segunda-feira (30), a contratação do volante uruguaio Gabriel Neves. Vindo do Nacional-URU, o jogador é tido como um bom reforço para o meio de campo do Tricolor, com bom desempenho defensivo e qualidade no passe para iniciar o ataque e controlar o volume de jogo da equipe.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

Gabriel Neves jogou, ao todo, 17 partidas na temporada, distribuídas entre a Libertadores, a Sul-Americana e o Campeonato Uruguaio. Nesses jogos, o volante participou de apenas um gol, para o qual deu uma assistência.

Os números de participação em gols são menores no total e em média aos números dos volantes do Tricolor. Liziero participou de três gols em 34 partidas, enquanto Rodrigo Nestor participou de cinco gols em 37 jogos que disputou na temporada. Luan, o mais defensivo do trio, participou de quatro gols em 33 partidas, o dobro, em média, de Gabriel Neves.

Isso, porém, não é prova nem indício de menor ofensividade, pois passa muito pelo estilo de jogo da equipe e o desempenho dos companheiros de time, não falando apenas sobre o volante.

Em relação às estatísticas de passe, o uruguaio parece dar bons sinais na construção ofensiva, principalmente na saída de bola. Nos jogos que disputou na Libertadores, Gabriel Neves tem 91% de acerto nos passes dados em seu campo de defesa, superior ao número de Luan (88%), atual encarregado da função, embora a diferença seja pouco discrepante.

O volante mostra bons sinais quando tem a posse de bola, concluindo 80% dos dribles que tentou na Libertadores, com média de 1,3 por jogo, mais do que qualquer outro volante do São Paulo.

Na defesa, tem mais interceptações (1,7) e divididas (uma) por jogo do que Luan (1,6 e 0,7), mas, novamente, a diferença é pequena.

É importante ressaltar que os dados de Gabriel Neves tem um campo de amostragem muito menor, pois se referem a apenas três partidas disputadas pelo volante na Libertadores, enquanto, na Liga Uruguai, foram disputadas somente 13 rodadas.


>>>Como Calleri e Gabriel Neves podem se encaixar no esquema do São Paulo

Com números semelhantes aos dos atuais volantes da equipe, Gabriel Neves pode atuar tanto como primeiro quanto como segundo volante. Devido à proximidade das estatísticas, o jogador chega para ser uma boa opção para o elenco, mas não como um nome incontestável no time titular.

Aos 24 anos, Gabriel Neves chega ao São Paulo por empréstimo até o final de 2022. No acordo com o Nacional-URU, o Tricolor terá a preferência na compra do jogador ao final deste período.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos