Quais são os números de Jorge Jesus no Flamengo?

Em cinco meses de trabalho como técnico do Flamengo, Jorge Jesus já quebra recordes e escreve um capítulo importante na história do clube. Com campanha inédita e histórica no Campeonato Brasileiro, além de finalista da Copa Libertadores, o português é unanimidade no Brasil, totalizando 23 vitórias, oito empates e apenas duas derrotas desde que assumiu o time carioca.

Sem saber o que é perder há 21 jogos no Brasileirão (18 vitórias e três empates), a torcida rubro-negra vive a expectativa de conquistar os dois principais títulos da temporada, com futebol inovador e avassalador.

Confira os números do Mister no Flamengo!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

CAMPEONATO BRASILEIRO

Sob o comando de Jorge Jesus, o Flamengo não só atingiu a sua maior sequência invicta no Brasileirão - deixou para trás os times de Zico (1980) e Ronaldinho (2011), que ficaram 17 jogos sem perder -, como também viu Gabigol  igualar a marca do Galinho na vitória sobre o Bahia. O atleta se tornou o jogador que mais marcou em uma única edição de Campeonato Brasileiro, totalizando, até o momento, 21 gols, assim como Zico.

Faltando apenas quatro rodadas para o término do Brasileirão e sem saber o que é perder há 21 rodadas (18 vitórias e três empates), o Flamengo abriu 13 pontos de vantagem para o segundo colocado Palmeiras.

DATA

JOGO

RODADA

17 DE NOVEMBRO

GRÊMIO 0 X 1 FLAMENGO

33ª RODADA

13 DE NOVEMBRO

FLAMENGO 4 X 4 VASCO

34ª (RODADA ANTECIPADA)

10 DE NOVEMBRO

FLAMENGO 3 X 1 BAHIA

32ª

7 de NOVEMBRO

BOTAFOGO 0 X 1 FLAMENGO

31ª

3 DE NOVEMBRO

FLAMENGO 4 X 1 CORINTHIANS

30ª

30 DE OUTUBRO

GOIÁS 2 X 2 FLAMENGO

29ª

27 DE OUTUBRO

FLAMENGO 1 X 0 CSA

28ª

20 DE OUTUBRO

FLAMENGO 2 X 0 FLUMINENSE

27ª

16 DE OUTUBRO

FORTALEZA 1 X 2 FLAMENGO

26ª

13 DE OUTUBRO

ATHLETICO-PR 0 X 2 FLAMENGO

25ª

10 DE OUTUBRO

FLAMENGO 3 X 1 ATLÉTICO-MG

24ª

6 DE OUTUBRO

CHAPECOENSE 0 X 1 FLAMENGO

23ª

28 DE SETEMBRO

FLAMENGO 0 X 0 SÃO PAULO

22ª

25 DE SETEMBRO

FLAMENGO 3 X 1 INTERNACIONAL

21ª

21 DE SETEMBRO

CRUZEIRO 1 X 2 FLAMENGO

20ª

14 DE SETEMBRO

FLAMENGO 1 X 0 SANTOS

19ª

7 DE SETEMBRO

AVAÍ 0 X 3 FLAMENGO

18ª

1 DE SETEMBRO

FLAMENGO 3 X 0 PALMEIRAS

17ª

25 DE AGOSTO

CEARÁ 0 X 3 FLAMENGO

16ª

17 DE AGOSTO

VASCO 1 X 4 FLAMENGO

15ª

10 DE AGOSTO

FLAMENGO 3 X 1 GRÊMIO

14ª

4 DE AGOSTO

BAHIA 3 X 0 FLAMENGO

13ª

28 DE JULHO

FLAMENGO 3 X 2 BOTAFOGO

12ª

21 DE JULHO

CORINTHIANS 1 X 1 FLAMENGO

11ª

14 DE JULHO

FLAMENGO 6 X 1 GOIÁS

10ª

COPA LIBERTADORES

Flamengo Grêmio Copa Libertadores 23102019
Flamengo Grêmio Copa Libertadores 23102019

Jogadores do Flamengo comemoram a classificação histórica para a final da Libertadores / Foto: Getty Images

Se no Brasileirão o Flamengo de Jorge Jesus está sobrando, na Copa Libertadores o clube fez uma campanha histórica. Após colecionar vexames nos últimos anos, a equipe está muito próxima de levantar  mais uma vez o tão sonhado troféu após 38 anos.

Apesar de ter estreado com derrota para o Emelec fora de casa, o Rubro-Negro devolveu o placar de 2 a 2 no Maracanã e avançou para as quartas de final após vencer nos pênaltis por 4 a  2.

Na sequência, eliminou o Internacional e voltou às semifinais depois de 35 anos. Tabu quebrado e goleada histórica sobre o Grêmio. No Maracanã, após ter empatado em 1 a 1, massacrou o time comandado por Renato Gaúcho por 5 a 0.

Agora, o tão sonhado título está muito próximo da realidade. A grande final está marcada para o próximo dia 23, contra o River Plate, às 17h (de Brasília), em Lima.

COPA DO BRASIL

Nikao Bruno Henrique Athletico-PR Flamengo Copa do Brasil 10072019
Nikao Bruno Henrique Athletico-PR Flamengo Copa do Brasil 10072019

Fla eliminado nos pênaltis pelo Furacão na Copa do Brasil / Foto: Divulgação Athletico-PR

O único tropeço da equipe de Jorge Jesus aconteceu na Copa do Brasil, frente ao Athletico-PR. Assim como na Arena da Baixada, a partida terminou empatada no Maracanã em 1 a 1 e foi decidida nos pênaltis, onde o rubro-negro paranaense levou a melhor.

O time falhou três dos quatro penâltis, um deles por Diego, um dos principais nomes do elenco.

Na ocasião, foi a terceira partida do treinador português, a segunda na Copa do Brasil, de onde sai eliminado após dois empates e a derrota nos penáltis. Pelo meio, o Fla goleou o Goiás, por 6 a 1 no Brasileirão.

Leia também