Quais os segredos dessa Atalanta que fez o Milan passar vergonha no 5 a 0?

A Atalanta não teve o mínimo conhecimento do Milan, em duelo realizado neste domingo (22) e válido pela 17ª rodada da Serie A italiana. Goleou os Rossoneri por 5 a 0 e mostrou a distância entre um clube modesto bem organizado em comparação a um gigante em caos administrativo.

A forma como os dois clubes vem trabalhando é um dos motivos que ajuda a explicar como a Atalanta conseguiu, em jogo transmitido com exclusividade pelo DAZN , aplicar a sua maior goleada na história do confronto.

Papu Gómez e Ilicic foram os dois grandes destaques da vitória, que levou a equipe de Bérgamo para a quinta posição da Serie A. O argentino abriu o placar e deu uma assistência, enquanto o esloveno fez dois e deu um passe para gol. Pasalic e Muriel completaram o marcador.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A diferença atual entre Atalanta e Milan

Pode até soar como um absurdo. Mas o time que atualmente está classificado para as oitavas de final da Champions League, além de ter sido vice-campeão da última Coppa Italia, não é o poderoso Milan. Hoje, dez pontos separam a Atalanta do Milan (10º colocado) na tabela da Serie A.

O que explica tamanha diferença?

O Milan, evidentemente, possui mais recursos para contratações e é um dos maiores clubes do futebol mundial. Entretanto, nos últimos anos passou por vendas, revendas e novas mudanças de donos volta e meia são noticiadas: a incerteza impera em Milanello.

O balanço financeiro dos rubro-negros em 2018 mostrou prejuízo de 145,9 milhões de euros, e na atual temporada o clube foi expulso da Liga Europa por não cumprir com as regras do Fair Play Financeiro da UEFA. Já ajuda a demonstrar o caos milanista dos últimos anos.

Trabalho bem feito: o simples segredo da Atalanta

Gasperini press conference
Gasperini press conference
(Foto: Getty Images)

Perto de Milão, em Bérgamo, a situação é diferente.

Se a excelente fase da Atalanta tivesse que ter obrigatoriamente um rosto, seria o do técnico Gian Piero Gasperini. O italiano de 61 anos não tinha um histórico dos mais gloriosos, mas encaixou como uma luva em um clube que, apesar de modesto, lhe dá toda a estrutura e confiança para tocar o trabalho.

Stefano Pioli Suso Milan SPAL
Stefano Pioli Suso Milan SPAL
Pioli assumiu este Milan no decorrer da atual temporada (Foto: Getty Images)

Gasperini chegou à Atalanta em 2016 e segue firme desde então, enquanto o Milan, no mesmo período, tem em Stefano Pioli o seu quarto treinador.

Em suas três temporadas anteriores, apenas uma vez a equipe de Bérgamo ficou atrás do Milan: em 2017-18 quatro pontos separaram os Rossoneri (6º) dos Nerazzurri (7º). Em sua campanha de estreia Gasperini levou a Atalanta até a quarta posição e em 2018-19 conduziu o time a uma histórica terceira posição.

Jogadores que sabem muito bem o que o seu treinador quer, organização e tranquilidade institucional são alguns dos motivos extracampo que explicam o 5 a 0.

Leia também