Quais jogadores brasileiros proibidos de entrar na China podem reforçar seu time?

Goal.com

A China foi o primeiro país a ser atingido pelo novo coronavírus e dá indícios de que será o primeiro a controlá-lo. Nos últimos dias, houve uma grande queda no número de casos confirmados no território chinês e, para que esse cenário continue, o governo decidiu proibir a entrada de estrangeiros com visto ou autorização de residência no país.

A medida entrará em vigor no próximo sábado (28). Assim, quem não conseguir entrar na China até essa data terá de esperar, e quem estiver lá dentro não poderá sair caso queira voltar em breve. A decisão também afeta diretamente a Super Liga Chinesa de futebol. A Federação local tinha planos de retomar o campeonato nacional no dia 18 de abril, mas a nova medida pode atrapalhar a retomada dos jogos. 

Sem poder entrar na China após o dia 28 de março e com novas incertezas quanto ao futebol, a vida dos jogadores brasileiros que atuam no país volta a ficar rodeada de dúvidas. A maioria deles estava no Brasil durante as paralisações e, com a nova medida, terão pouquíssimo tempo para organizar o retorno. A viagem entre os dois países dura cerca de um dia.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Com isso, os clubes brasileiros podem voltar a sonhar em repatriar alguns desses atletas. Abaixo, a Goal lista quais jogadores brasileiros que atuam na China poderiam retornar ao futebol brasileiro.

Paulinho

Paulinho em ação pelo Guangzhou Evergrand
Paulinho em ação pelo Guangzhou Evergrand
Foto: Zhong Zhi/Getty Images

O volante do Guangzhou Evergrande estava no Brasil durante a paralisação dos campeonatos. Com a notícia que a CSL poderia retornar 18 de abril, Paulinho planejava voltar à China apenas na próxima semana. Assim, Paulinho terá de programar uma viagem relâmpago ou não poderá entrar em território chinês.

Vale destacar que, há poucos meses, o jogador foi visto treinando no CT do Corinthians e enlouqueceu os torcedores alvinegros, que pediram a volta do camisa 8.

Ricardo Goulart

Ricardo Goulart
Ricardo Goulart
Foto: Lintao Zhang / Equipe

Outro nome que deve agitar os clubes brasileiros é Ricardo Goulart, também do Evergrande. A família do jogador sempre foi contrária a sua permanência na China durante o período de crise. O jogador, que tem contrato com o clube até 2023, até fez um pedido formal para retornar ao futebol brasileiro caso a crise continuasse. 

Em fevereiro, o Atlético-MG chegou a demonstrar interesse em repatriar o atleta, mas as conversas não evoluíram. Agora,o clube terá mais uma chance de negociar com o meia.

Anderson Talisca

Anderson Talisca Guangzhou Evergrande
Anderson Talisca Guangzhou Evergrande
Foto: Getty

Outro jogador do Guangzhou Evergrande que está no Brasil é Anderson Talisca. O meia de 26 anos também agitou a torcida do Palmeiras no mês de fevereiro, mas o jogador havia descartado a transferência. Agora, caso não consiga voltar à China, ele pode repensar a possibilidade. O contrato do jogador, revelado pelo Bahia e com passagem pelo Benfica, é válido por mais dois anos e meio e é avaliado em cerca de 20 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões na cotação atual).

Alex Teixeira

Mais um nome que agitou os torcedores brasileiros foi Alex Teixeira, do Jiangsu Suning. Revelado pela base do Vasco e com grande identificação com o clube, o atacante de 30 anos também fez a torcida cruzmaltina sonhar com sua volta durante o período de paralisação.

Inclusive, o jogador chegou a manifestar sua intenção de retornar ao Gigante da Colina em vídeo gravado.

Roger Guedes

Roger Guedes Atletico-MG Vitoria 22042018 Brasileirao Serie A
Roger Guedes Atletico-MG Vitoria 22042018 Brasileirao Serie A
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação

O atacante do Shandong Luneng já estava movimentando o mercado antes mesmo da notícia desta quinta-feira em negociação com o Atlético-MG. O novo diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, disse que o negócio era difícil. Mas a nova medida pode dar uma nova chance ao cartola conhecido por fazer grandes contratações. 

Cabe destacar que o belga Marouane Fellaini, também do Shandong Luneng, foi diagnosticado com o novo coronavírus e pode ser uma fator extra para Roger Guedes deixar a equipe.

Renato Augusto

Renato Augusto Brazil 2018
Renato Augusto Brazil 2018
Foto: Getty Images

Desde sua saída do Corinthians, no final de 2015, os torcedores alvinegros sonham com a volta do jogador. O meia de 32 anos também está no Brasil e deve ter problemas para retornar à China. Mas não é só a torcida do Corinthians que pode se animar com a notícia. 

Durante o caranaval, o jogador foi visto conversando com Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo e o grande responsável por montar esse elenco cheio de estrelas. O episódio também encheu a torcida rubro-negra de esperanças. Renato foi revelado pelo Flamengo e atuou no clube por quatro temporadas.

Hulk

Hulk não esconde sua boa relação com o Palmeiras. Ele já foi visto assistindo a um jogo do alviverde e recentemente chegou a treinar no CT do clube durante a paralisação do Campeonato Chinês. O jogador também foi especulado como reforço do time de Luxemburgo e pode ser mais um nome para aquecer o mercado brasileiro.

Leia também