PSV afasta Dumfries por ida a protesto antirracista na Holanda


O PSV Eindhoven afastou Denzel Dumfries do treinamento de grupo por participar de um protesto contra a polícia em Roterdã. De acordo com o clube, o jogador não seguiu as regras de distanciamento social.

O lateral-direito "seguirá um programa de treinamento individual até o final da temporada e sua saúde continuará sendo monitorada pelos serviços médicos da equipe", informou o PSV em comunicado publicado em seu site.

Dumfries "respeitou pessoalmente todos os regulamentos de segurança relacionados ao coronavírus", mas o clube considera prudente "não correr nenhum risco".

O jogador foi visto em um protesto antirracista em Roterdã pela morte de George Floyd. Lá, estiveram presentes milhares de pessoas, o que superou a previsão dos organizadores.

Em seu Instagram oficial, Dumfries publicou que "o racismo é um problema global que precisa ser drasticamente resolvido. Já foi o bastante! Nossa linhagem precisa crescer em um mundo cheio de igualdade e chances, sem o sentimento de ser discriminado de qualquer forma. Tenho orgulho da minha cor de pele e das pessoas que vieram hoje que não ficaram caladas. Juntos venceremos o racismo !! #blacklivesmatter"








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também