PSG pode "forçar" Porto a vender Alex Telles por quase a metade do preço

Goal.com

Com o contrato do lateral Alex Telles chegando ao fim, o Porto pode ser obrigada a vender o brasileiro por quase metade da multa estipulada em seu contrato. O principal interessado no jogador de 27 anos é o PSG.

Em busca de um lateral para o seu time, o diretor esportivo do clubes francês Leonardo chegou a tentar uma negociação com o também brasileiro Marcelo, hoje no Real Madrid, mas o jogador não estaria muito disposto a deixar a capital espanhol, o que acabou por esfriar as  conversas. Assim, o foco do PSG se voltou para o portista Alex Telles.

No entanto, os franceses, segundo o site do diário português A Bola, preparou uma proposta de € 22 milhões (aproximadamente R$ 124,3 milhões), valor muito abaixo dos € 40 milhões (cerca de R$ 226,1 milhões) da cláusula estipulada no contrato assinado pelo brasileiro em 2016.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mesmo representando quase a metade daquilo que é pedido, o Porto pode aceitar a proposta francesa, por ter a janela do meio do ano como a única oportunidade de, não só não perder o lateral de graça, mas também de faturar um bom dinheiro com sua venda. Isso porque o vínculo do brasileiro com o Dragão se encerra em 2021, permitindo que um pré-contrato seja assinado já em dezembro.

Perder o dinheiro da venda do brasileiro poderia ser um grande problema ao clubes português, que apresentou um balanço financeiro negativo nas contas do primeiro semestre e, para se manter no verde, precisaria vender jogadores. Assim, a tendência é tentar não perder Telles de graça. 

Além do atual interesse do PSG, o Barcelona já teria apresentado proposta pelo brasileiro, também abaixo do pedido, depois de tentar sua contratação na temporada passada, sem sucesso justamente pelo baixo valor oferecido. O Chelsea também foi apontado com interessado.

Telles foi revelado pelo Juventude em 2011 e, em 2013, foi para o Grêmio. Depois disso, teve a maior parte de sua carreira profissional jogando na Europa, com passagens por Galatasaray, Inter de Milão e, desde 2016, está no Porto.

Leia também