PSG e Lyon vão continuar na Liga dos Campeões após a paralisação?

Goal.com

Enquanto a pandemia do coronavírus Covid-19 parece estar, finalmente, diminuindo sua intensidade na Europa, federações do Velho Continente começam a pensar: como faremos para prosseguir com a temporada 2019-20 do futebol?

A Federação Francesa de Futebol foi uma das primeiras a anunciar sua decisão: a Ligue 1 foi encerrada, após o primeiro-ministro da França Édouard Philippe vetar a prática de esportes no país até setembro.

A entidade ainda está decidindo se determinará um campeão, se terá rebaixamento e qual será o método utilizado para escolher os times que jogarão a Liga dos Campeões na próxima temporada, mas uma coisa é certa: o futebol francês já encerrou sua temporada. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Com a proibição dos esportes em território francês até setembro, fica o questionamento: o que fazer com Lyon e PSG, ainda vivos na Champions desta temporada?

Recentemente, a Uefa garantiu que pretende terminar todos os campeonatos dentro de campo: a entidade chegou até ameaçar a desfiliar a Bélgica, um dos países que encerrou sua temporada prematuramente. Então, o que fazer se os rivais não puderem jogar dentro da França?

Bruno Guimarães Lyon 2020
Bruno Guimarães Lyon 2020

Armand Duke, presidente da Federação Albanesa de Futebol e membro do comitê executivo da Uefa, em entrevista concedida a Rádio Kiss Kiss, afirmou que acredita que os dois times não terão problemas em jogar partidas da Liga dos Campeões, mesmo após a decisão do primeiro-ministro.

"O nosso objetivo é terminar os campeonatos dentro de campo. Essa é nossa sugestão para todos os países. Alguns decidiram encerrar as competições locais, mas é a Uefa que decide quem joga ou não a Liga dos Campeões. A Federação Francesa decidiu pela Ligue 1, mas não pode decidir pela Europa. Creio que não terão problemas para que PSG e Lyon joguem na Champions." declarou Duke.

Uma das soluções apresentada seria que os clubes mandassem suas partidas em casa em outros países, onde o futebol não for suspenso.

O PSG, já garantido nas quartas de final após eliminar o Borussia Dortmund, certamente mandaria um jogo na França. Já o Lyon, que saiu na frente diante da Juventus, nas oitavas, precisa de pelo menos um empate na Itália para se classificar.

Leia também