PSG e Lille fazem duelo de líderes da Ligue 1 na volta de Neymar

Alexis HONTANG
·4 minuto de leitura
(arquivo) Os atacantes do Paris Saint-Germain, Neymar e Kylian Mbappé, se aquecendo antes do jogo de volta da Liga dos Campeões contra o Leipzig em 24 de novembro de 2020 no Parque dos Príncipes

Atração principal da 31ª rodada da Ligue 1, o jogo entre PSG e Lille, líderes empatados em número de pontos, neste sábado com Neymar de volta tem um gosto do final antecipada.

O técnico do PSG, o argentino Mauricio Pochettino, confessou no início de março ter vivido dois meses de "loucura" desde sua chegada ao clube, e agora entra no ápice da temporada.

Quatro dias depois de jogar contra os líderes do campeonato francês, o PSG viajará a Munique para encarar seu carrasco na final da Liga dos Campeões do ano passado, o Bayern de Munique (jogo de ida no dia 7 de abril, de volta, em Paris, no dia 13).

Entre as duas partidas, o PSG viaja para jogar contra o Strasbourg (15º). Emendar três vitórias abririam o caminho para a realização de seus objetivos no restante desta temporada, enquanto que uma derrota pode colocar em risco suas esperanças.

Depois da demonstração de força contra o Lyon (3º), a quem derrotou por 4 a 2 antes da pausa para os jogos das seleções, os parisienses chegam ao confronto contra o co-líder carregados de confiança e com os sul-americanos da equipe descansados devido à ausência de partidas de seleções no hemisfério sul.

O sorriso de Neymar, jogador que está 100% recuperado após uma lesão na coxa que o deixou afastado por um mês e meio, se espalhou pelo grupo.

Com a possibilidade de fazer uma histórica 'quadra' de títulos, o zagueiro Abdou Diallo deixou claro o sentimento do elenco em nota ao jornal L'Equipe: "Sonhamos em jogar essas partidas!".

No entanto, o que preocupa são as condições do astro Kylian Mbappé, que disputou sem brilhar os três jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 do Catar pela França.

E apesar da volta de Neymar, a enfermaria do clube continua lotada: Marco Verratti (coxa), Danilo Pereira (panturrilha), Mauro Icardi (coxa) e Layvin Kurzawa (panturrilhas), todos vão desfalcar o time neste final de semana.

O Lille, que não vence o PSG na liga em seu estádio desde 1996, enfrenta a última arrancada da temporada com as pernas menos cansadas devido ao calendário das seleções.

À procura do segundo lugar - a três pontos - que dá acesso direto à Liga dos Campeões 2021-2022, o Lyon (3º) viaja para enfrentar o Lens (5º) após a derrota por 4 a 2 para o PSG e o Monaco (4º) enfrenta o Metz (9º) nos jogos de sábado.

O técnico argentino Jorge Sampaoli, que começou seu projeto com o pé direito no Olympique de Marselha com duas vitórias, perdeu por 3 a 0 para o Nice. No domingo sua equipe vai fechar a rodada da Ligue 1 contra o lanterna Dijon, com os olhos postos no quinto lugar do Lens e na recuperação do otimismo.

-- Programação da 31ª rodada do campeonato francês (horário de Brasília) e classificação:

- Sábado:

(08h00) Monaco - Metz

(12h00) PSG - Lille

(16h00) Lens - Lyon

- Domingo:

(08h00) Angers - Montpellier

(10h00) Bordeaux - Strasbourg

Lorient - Brest

Nantes - Nice

Reims - Rennes

(12h05) Nîmes - Saint-Etienne

(16h00) Olympique de Marselha - Dijon

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. PSG 63 30 20 3 7 67 21 46

2. Lille 63 30 18 9 3 50 19 31

3. Lyon 60 30 17 9 4 59 30 29

4. Monaco 59 30 18 5 7 60 38 22

5. Lens 48 30 13 9 8 46 42 4

6. Olympique de Marselha 45 30 12 9 9 38 36 2

7. Rennes 44 30 12 8 10 37 33 4

8. Montpellier 44 30 12 8 10 48 49 -1

9. Metz 42 30 11 9 10 36 32 4

10. Angers 40 30 11 7 12 33 43 -10

11. Nice 39 30 11 6 13 39 41 -2

12. Reims 38 30 9 11 10 36 36 0

13. Bordeaux 36 30 10 6 14 32 38 -6

14. Brest 35 30 10 5 15 43 53 -10

15. Strasbourg 33 30 9 6 15 37 44 -7

16. Saint-Etienne 33 30 8 9 13 30 46 -16

17. Lorient 29 30 7 8 15 36 54 -18

18. Nîmes 29 30 8 5 17 30 56 -26

19. Nantes 28 30 5 13 12 31 46 -15

20. Dijon 15 30 2 9 19 20 51 -31

./bds/ah/jta/grp/pm/aam