PSG confirma permanência de Mbappé; La Liga deve protestar citando Fair Play financeiro

A La Liga, entidade responsável pela organização das competições do futebol espanhol, deve fazer uma denúncia contra o Paris Saint-Germain, por descumprir regras de fair-play financeiro para renovar com o atacante Mbappé. A informação é do Diário Marca, da Espanha.

O fim da novela foi anunciado neste sábado, com o jogador assinando novo contrato com os franceses depois de estar apalavrado com o Real Madrid, clube que disputa as competições organizadas pela La Liga.

O presidente da entidade, Javier Tebas, foi ao Twitter para criticar a negociação:

"O que o PSG está fazendo, renovando com Mbappé por uma grande quantidade de dinheiro (a saber de onde ele vem e como isso é pago) depois de ter prejuízo de 700 milhões de euros nas últimas temporadas e ter uma folha salarial de 600 milhões é um insulto ao futebol. Al-Khelafi (presidente do PSG) é tão perigoso quanto a Superliga", escreveu, em referência a tentativa de alguns clubes europeus de formarem uma liga separada das competições nacionais e da Uefa.

Nas últimas semanas, especulações sobre o futuro de Mbappé se multiplicaram na imprensa europeia. O atacante chegou a ser tido como certo no Real Madrid, mas a contraproposta do PSG conseguiu seduzir o craque a seguir no Parque dos Príncipes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos