PSG, City, Barcelona... O que está em jogo nas partidas de volta da Champions Feminina

Nathalia Almeida
·4 minuto de leitura

Na próxima quarta-feira (31), a bola rola no Velho Continente para os jogos de volta das quartas de final da Champions League Feminina. Algumas das camisas mais tradicionais do mundo estarão em ação, como Barcelona e Bayern de Munique, equipes que sonham em destronar a maior potência do futebol feminino atual, o Lyon.

No intuito de te informar sobre cada um dos confrontos, horário e local das partidas decisivas e o que está em jogo para os clubes envolvidos, compilamos neste artigo as informações básicas sobre cada um dos duelos. Confira:

1. Wolfsburg x Chelsea

Time londrino venceu o jogo de ida | David Balogh/Getty Images
Time londrino venceu o jogo de ida | David Balogh/Getty Images

Data e hora: 31 de março, às 9h de Brasília
Local: Szusza Ferenc Stadion, em Budapeste (HUN)
Placar da ida: vitória do Chelsea por 2 a 1

Costumam dizer que a 'lei do ex' não falha nunca e, bem, esta parece ser uma das poucas verdades no mundo do futebol. E isso também se aplica no futebol feminino, como não? No primeiro encontro com seu ex-clube, a artilheira Pernille Harder, agora no Chelsea, foi às redes e definiu a vitória das inglesas por 2 a 1.

A eliminatória passa longe de estar decidida, mas o triunfo na ida foi um ótimo passo para o Chelsea se vingar em grande estilo e colocar um ponto final em uma escrita: o Wolfsburg foi o seu algoz nesta competição em três temporadas seguidas (2015/16, 2016/17 e 2017/18). Será que a freguesia acabará ou as alemãs mostrarão mais uma vez quem manda no confronto?

2. Manchester City x Barcelona

Barcelona fez grande jogo na ida | Marco Luzzani/Getty Images
Barcelona fez grande jogo na ida | Marco Luzzani/Getty Images

Data e hora: 31 de março, às 12h de Brasília
Local: Manchester City Academy Stadium, em Manchester (ING)
Placar da ida: vitória do Barcelona por 3 a 0

Antes da bola rolar na primeira partida, imaginávamos que este seria um confronto bastante equilibrado, já que as inglesas estão em boa forma na temporada e são fortes candidatas ao título do Campeonato Inglês.

Mas o Barcelona simplesmente não tomou conhecimento do rival e impôs uma vitória categórica por 3 a 0, colocando 'um pé e meio' nas semifinais do torneio. Com investimentos cada vez maiores, o gigante catalão quer repetir 2018/19, quando chegou à grande decisão. É, neste momento, a equipe que parece ter mais chances de 'destronar' a soberania do Lyon.

Para o Manchester City, só resta agora buscar o impossível e tentar fazer história. Missão nada fácil para as inglesas.

3. FC Rosengård x Bayern de Munique

Bayern construiu ótima vantagem na ida | Sebastian Widmann/Getty Images
Bayern construiu ótima vantagem na ida | Sebastian Widmann/Getty Images

Data e hora: 1 de abril, às 14h de Brasília
Local: Malmö Idrottsplats, em Malmö (SUE)
Placar da ida: vitória do Bayern de Munique por 3 a 0

Depois de longas temporadas amargando o status de 'segunda força' da Alemanha, o gigante da Baviera aumentou o investimento e o foco em seu time feminino. Os frutos dessa mudança já começam a ser colhidos em 2020/21, ao ponto da equipe liderar a Frauen Bundesliga com 100% de aproveitamento após 17 rodadas.

No jogo de ida em solo alemão, o Bayern foi dominante e construiu uma vitória tranquila por 3 a 0, sem fazer esforço. As suecas precisarão de uma atuação impecável e muito inspirada para devolver o resultado. Não é, no entanto, o mais provável: o Bayern é favorito à vitória também fora de casa. O melhor resultado da história das alemãs em Champions é uma semifinal (2018/19), ou seja, estão próximas de igualar o feito.

4. Lyon x PSG

Clássico francês é o grande jogo das quartas | Catherine Steenkeste/Getty Images
Clássico francês é o grande jogo das quartas | Catherine Steenkeste/Getty Images

Data, hora e local: A definir*
Placar da ida: vitória do Lyon por 1 a 0

PSG x Lyon é uma das maiores rivalidades do futebol feminino mundial e isso fica evidente a cada confronto entre eles. Muito tenso e equilibrado, o jogo de ida acabou sendo decidido por um pênalti inexistente a favor do Lyon, convertido pela capitã e melhor zagueira do mundo, Renard.

Para o Paris, eliminar o Lyon é questão de honra, já que a equipe da capital vem amargando insucessos e vice-campeonatos nacionais consecutivos para o Lyon, maior potência da modalidade há alguns anos. As lionesas, aliás, são as atuais pentacampeãs europeias.

Esta partida decisiva ainda não tem data, hora e local definidos pela UEFA por conta de um surto de Covid-19 no elenco do Lyon: são seis jogadoras contaminadas, o que levou a entidade a optar pelo adiamento do confronto.