Prova de ciclismo L’Etape Brasil tem inscrições encerradas

LANCE!
·2 minuto de leitura


A sexta edição do L’Etape Brasil by Tour de France, que será realizada em Campos do Jordão, interior do Estado de São Paulo, entre os dias 4 e 6 de dezembro, está com inscrições encerradas.

A maior prova de ciclismo do País terá representantes de todos os estados da federação. A prova terá os percursos de 107 km e 66 km nas estradas do interior de São Paulo.

Os protocolos e medidas de segurança foram elaborados seguindo orientações do setor da saúde para a execução de competições ao ar livre. Incluindo padrões divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A edição brasileira do Tour de France seguirá todos protocolos para o combate da Covd-19, com o uso de máscaras, medição de temperatura, tótens com álcool gel, distanciamento social, limpeza e desinfecção dos locais com maior circulação de pessoas.

- Os pontos de hidratação, distribuição de alimentos e bebidas serão feitos separadamente e de forma higienizada para cada atleta - disse Bruno Prada, medalhista olímpico e organizador do evento.

- Nós sabemos como é intensa a emoção de cruzar a linha de chegada do L’Étape Brasil, então aos bravos atletas que a cruzarem, nossa equipe estará pronta para recebê-los e auxiliá-los para o cumprimento de algumas medidas que visam a segurança de todos.

O L’Etape Brasil by Tour de France informa que toda equipe da chegada estará devidamente trajada com EPI’s.

O staff dará incentivo à dispersão, para evitar aglomerações, além da distribuição de máscaras novas a todos os atletas. As medalhas estarão embaladas individualmente e higienizadas.

O L’Étape tem o percurso principal com 107 quilômetros de distância e 2.330 metros de altimetria acumulada, o equivalente a subir um prédio residencial de 770 andares. A versão mais curta tem 66 quilômetros.

Em 2019, a prova teve pela primeira vez a presença do alemão Didi Senft, mais conhecido como o Diabo do Tour ou Didi, the Devil. O animador que se veste de demônio nas etapas do Tour de France esteve na cidade paulista apoiando os ciclistas.

Grandes nomes do esporte, como o treinador Bernardinho Rezende, o campeão olímpico Nalbert e o piloto Ricardo Maurício da Stock Car, participaram do Tour de France. As principais assessorias esportivas do país também mandaram seus representantes.

O título de 2019 do L’Étape Brasil ficou mais uma vez com o ciclista Otávio Bulgarelli, com a marca de 3h07min02s20. O resultado foi definido praticamente no photo-finish, na disputa com Ricardo Pichetta, segundo colocado, colado na linha de chegada.

No feminino, a alemã Nadine Gill não deu chances às adversárias e completou o percurso de 107 quilômetros em 3h15min36, com mais de 15 minutos na frente segunda colocada (Taise Benato). A ciclista amadora também foi bicampeã consecutiva da prova.