Protestos na Colômbia: Conmebol realoca partidas da Libertadores e da Sul-Americana

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Vivendo um momento de grande instabilidade política e social - aflorada pelos enormes protestos organizados pela população local -, a Colômbia tornou-se um palco inviável para receber partidas de futebol nos próximos dias. Sem conseguir garantir a segurança das delegações, a Conmebol optou por realocar jogos da Libertadores e da Sul-Americana que aconteceriam no país neste meio de semana.

Como destaca o globoesporte.com, três dos cinco duelos que aconteceriam em solo colombiano foram remanejados pela entidade: Independiente Santa Fé x River Plate (6/05) e Atlético Nacional x Argentino Juniors (6/05) pela Libertadores; e La Equidad x Lanús (6/05) pela Sul-Americana. Todos eles serão disputados em Assunção, capital do Paraguai.

Delegação do River sequer viajou à Colômbia | Pool/Getty Images
Delegação do River sequer viajou à Colômbia | Pool/Getty Images

Junior Barranquilla x Fluminense (Libertadores) e Tolima x Emelec (Sul-Americana) acontecerão em solo colombiano, ao menos até segunda ordem. De acordo com o posicionamento da Conmebol, as autoridades de Barranquilla e Ibagué garantiram a segurança e o contingente policial necessário para a realização destas duas partidas, algo que não se repetiu com as Prefeituras de Armenia e Pereira, que receberiam os outros três duelos citados anteriormente.

Em resumo, confira como ficou a situação de cada jogo:

Santa Fé x River Plate - Libertadores - 6 de maio, às 21h - no Nueva Olla, em Assunção (PAR);

Atlético Nacional x Argentino Juniors - Libertadores - 6 de maio, às 19h - no Manuel Ferreira, em Assunção (PAR);

La Equidad x Lanús - Sul-Americana - 6 de maio, às 23h - no Defensores del Chaco, em Assunção (PAR);

Junior x Fluminense - Libertadores - 6 de maio, às 19h - no Romelio Martínez, em Barranquilla (COL);

Tolima x Emelec - Sul-Americana - 5 de maio, às 21h30 - no Manuel Murillo Toro, em Ibagué (COL);